Prefeito é suspeito de comprar terras

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
CEMEI Soeli Manenti saúda a chegada da Primavera com balões em forma de flor/sol flutuando no ar...
  Data/Hora: 23.set.2017 - 4h 53 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

“As flores desabrocham para continuar a viver, pois reter é perecer!” Khalil Gibran

 

Ao chegar ao CEMEI Soeli Manenti, ontem pela manhã (22), minha netinha Amábile de apenas um ano e seis meses, parou na entrada e ficou apontando com o dedo para o visual ao seu lado que dava um colorido todo especial, lembrando aos visitantes que à primavera, a estação das flores no Hemisfério Sul, estava iniciando.  

 

“Assim que as crianças tomarem o café da manhã, nós vamos reuni-los aqui para fazer uma foto”, me disse com um largo sorriso na face a Diretora Suzeslei Brugnago Weber, que faz questão de saudar com um sonoro Bom Dia, todos os dias as pessoas que visitam aquela instituição para deixar as crianças na creche. “Se me permitir, estarei aqui para fotografá-las também professora”, disse a ela.

 

Acredito que a chegada desta estação com a qual se dá o início da estação das flores na metade sul do planeta, no exato momento em que a duração do dia e da noite fica idêntica em qualquer ponto da Terra, deveria ser saudada efusivamente por todos, independentemente de raça, cor ou condição social.

 

É um momento único mais que especial, afinal, estamos vendo nascer naquele momento à estação das flores, a flor que nasce, desabrocha e traz consigo um novo perfume no ar e na sequência, uma nova semente para recriar. Como explica Gibran - “as flores desabrocham para continuar a viver, pois reter é perecer!”.

 

Enquanto as crianças se preparavam para tirar as fotos – o diálogo com a professora/Diretora era nesta direção: Como fazer para transformar todo esse aprendizado que a Mãe Natureza nos proporciona em generosidade e agradecimento, em grandeza de espírito?

 

Sugeri a ela, iniciar naquele exato momento algo que pudesse prosperar e dar os seus primeiros frutos já na próxima primavera. “Eu consigo as mudas de orquídeas e a senhora faz uma campanha junto aos pais e funcionários para trazerem “meias calças usados” para amarrarmos as mudas nesta árvore”, que estava atrás de nós.

 

 

Na próxima primavera essa árvore que se encontra num ponto central da cidade, vai estar não só saudando a chegada da primavera com a beleza toda própria da Mãe Natureza, como também, influenciando no humor das pessoas que por ali passarem.

 

 

As funcionárias que cuidam da limpeza da Creche, naquele exato momento estavam varrendo um monte de folhas e flores que caíram daquela árvore, nasceu à ideia de que tudo aquilo poderia ser aproveitado como húmus e não descartado como lixo. “Realmente, uma caixa de compostagem, destas que podem ser adquirida nas Casas Agropecuárias e uma campanha para que se aproveite o lixo orgânico que as famílias descartam todos os dias, vamos ter o adubo necessário para adubar hortas, plantar flores e contribuir com um mundo melhor”, me dizia a Professora.

 

Vamos colocar essa ideia em prática?

 

Imaginem que não só essa Creche, mas a cidade inteira se mobilizasse imediatamente para saudarmos essa Estação que há milhares de anos vem confirmando a sua soberania absoluta no quesito beleza e aroma?

 

Quem tem um pouco de sensibilidade sabe que entre todas as estações do ano, a estação das flores é a mais colorida, com as melhores temperaturas e muito mais agradável...

 

Que tal? Vamos usar essa estação para tornar a nossa cidade, os nossos dias mais alegres, divertidos, tornando assim o lado de fora muito mais legal e chamativo do que o interior das nossas casas.

 

Que tal? Darmos um passo a frente e mostrar que é possível transformar os espaços onde passamos todos os dias como se fossem parques, praias, campos e trilhas naturais onde somos abençoados por aromas, cantos de pássaros e uma sensação toda especial de que o que nos faz bem realmente é simples, natural e respeitoso?

 

 

 

 

 

O CEMEI Soeli Manenti abriga crianças de 4 meses a dois anos e atualmente é dirigido pela Diretora Suzerlei B. Weber e conta com 63 crianças em suas instalações. 

 

 
 
Chirle Silva compartilhou a publicação de Tatiana Silva.
19 h · 
 

Toda a dedicação de quem escolheu, ou foi escolhida por esta nobre profissão...

 
 

Alegria desse pimpolhos. Obrigada Professoras por cuidar com tanto carinho de nossos tesouros.

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Grandinox
Bassani
Transmorgan
Banner Abraços
Banner pedrão
Otica PetriU
Banner esporte é vida
Auditoria da Dívida Publica
Alquimia
Rose Bueno Acessórios