Isso é justiça

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
PRF aprende quase 12 milhões de reais no Paraá
  Data/Hora: 3.nov.2017 - 12h 46 - Categoria: Policiais  
 
 
clique para ampliar

Foto: Internet - Dinheiro, que ainda será contabilizado oficialmente, estava em um caminhão, abordado na BR-116; apreensão é a maior já feita pela PRF no país

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de R$ 12 milhões em dinheiro na noite de ontem (2) em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba.

 

O dinheiro, que ainda será contabilizado oficialmente, estava dentro de um caminhão, que transitava pela BR-116, na Rodovia Régis Bittencourt.

 

Seriam 8 milhões em notas de reais e 1,2 milhão de dólares. O montante equivale a um total aproximado de R$ 11,9 milhões. Cada um dos volumes apreendidos tem inscrição dos respectivos valores.

 

A abordagem, de rotina, ocorreu por volta de 22 horas, em frente à Unidade Operacional Taquari, no quilômetro 56 da rodovia, durante a Operação Finados da PRF.

 

Após uma fiscalização minuciosa, os policiais rodoviários federais localizaram o dinheiro, que estava escondido através de caixas de produtos hortifrutigranjeiros, como alface e alho.

 

O motorista, de 55 anos de idade, foi preso. Aos agentes da PRF, o homem alegou desconhecer a existência do dinheiro que transportava.

 

Ele disse que saiu de São Paulo (SP) e teria Foz do Iguaçu (PR) como destino.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Superintendência da Polícia Federal, onde os volumes apreendidos foram lacrados. No final da manhã de hoje (3), equipes da PF e da PRF escoltaram o dinheiro até a sede da Justiça Federal, em Curitiba, onde será feita a contagem.

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner pedrão
Banner esporte é vida
Laticinios
comercial advogado
Banner Abraços
Bassani
Cerâmica Zanoni
Alquimia
Pesqueiro das Irmãs
Rose Bueno Acessórios