Banner Agenda

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Universidades federais contribuem para a eficiência e competitividade das empresas nacionais
  Data/Hora: 29.dez.2017 - 14h 26 - Categoria: Educação  
 
 
clique para ampliar

Na busca de eficiência e competitividade, as empresas brasileiras, sejam elas da iniciativa privada ou do setor público, têm nas universidades federais um importante apoio em pesquisas e na incorporação de tecnologias de ponta. A Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições de Ensino Superior (Andifes) chama a atenção para essa questão no documento em defesa das universidades federais brasileiras que está sendo divulgado em todo o País. O relatório pode ser lido na íntegra em http://bit.ly/UniversidadesFederais.

 

A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) também tem contribuído para a competitividade de empresas da região. Um exemplo é a pesquisa para o desenvolvimento de uma telha solar fotovoltaica, que está sendo conduzida por um grupo de pesquisadores da UNILA e da Unioeste. O objetivo é obter uma telha de baixo custo, alternativa aos modelos convencionais, que seja capaz de converter a luz solar em energia elétrica e que seja adaptada às condições climáticas da região – onde é comum a ocorrência de ventos fortes e granizo. O projeto surgiu a partir da demanda de um empresário de Cascavel (PR) e está sendo desenvolvido no Centro de Desenvolvimento e Difusão Tecnológico em Energias Renováveis (CDTER), criado para auxiliar no desenvolvimento tecnológico sustentável das indústrias do Oeste do Paraná.

 

Professor Oswaldo Hideo Ando Júnior lembra que a proximidade da universidade com as empresas é uma tendência mundial e começa a ser notada no Brasil

 

O professor da UNILA Oswaldo Hideo Ando Júnior, um dos responsáveis por esse projeto, lembra que a proximidade da universidade com as empresas é uma tendência mundial e começa a ser notada no Brasil. “Mas não é parceria com a empresa multinacional, é com a empresa nacional, regional. O empresário brasileiro não tem condições financeiras de implantar um setor de pesquisas para seus produtos. Essa parceria desenvolve uma tecnologia que beneficia a sociedade como um todo”, destaca. Ele lembra que a própria Capes vem sinalizando essa mudança. “O pesquisador brasileiro tem uma grande produtividade, mas não necessariamente está gerando bens para a União e a sociedade brasileira”, explica.

 

Segundo ele, o objetivo dessa proposta é, com a proximidade entre esses dois setores, incentivar o desenvolvimento tecnológico e, em médio e longo prazo, formar profissionais atuantes e conhecedores das tecnologias existentes no mercado para que a empresa brasileira desenvolva produtos de exportação. “No longo prazo, a tendência é o Brasil deixar de ser um país exportador de commodities para exportar tecnologia”, ressalta, usando como exemplo o silício que é exportado bruto e volta muito mais caro em forma de produtos industrializados como os próprios painéis fotovoltaicos – objeto da pesquisa –, aparelhos de televisão e todos os que usam microchips.

 

A telha que o grupo da UNILA e Unioeste vem desenvolvendo também é um exemplo. “A intenção de apoiar esse empresário é justamente neste sentido, de a gente ter tecnologia não só nacional, mas que vai ser adequada ao uso na América Latina. Nossa intenção é desenvolver um produto de boa qualidade e acessível a todos. Tem cunho social também.”
 
Foto - Professor Oswaldo Hideo Ando Júnior lembra que a proximidade da universidade com as empresas é uma tendência mundial e começa a ser notada no Brasil
 
 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Bassani
Alquimia
Transmorgan
BANNER APARTAMENTO
Otica PetriU
Auditoria da Dívida Publica
Banner pedrão
Cerâmica Zanoni
Rose Bueno Acessórios