Agua timol

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Estande da Itaipu no Show Rural retrata a atuação ampliada da empresa no Oeste do Paraná
  Data/Hora: 6.fev.2018 - 7h 57 - Categoria: Itaipu Binacional  
 
 
clique para ampliar

Os visitantes que passarem pelo espaço de 236 m² poderão conferir os investimentos da hidrelétrica para o desenvolvimento regional, cidade a cidade, ver um simulador de energia solar, fazer um passeio virtual pela usina e conhecer um protótipo de veículo 

 

Da Assessoria - Fotos: Adezio Zanella/Itaipu Binacional - O visitante que passar pelo estande da Itaipu no Show Rural Coopavel 2018 – que começou nesta segunda-feira (5) e vai até sexta (9), em Cascavel (PR) – e tiver a curiosidade de saber, por exemplo, quanto a empresa investiu no município de Medianeira nos últimos anos, poderá acessar todas as informações em uma tela touch screen, um dos atrativos do espaço de 236 m². 

 

 

O computador vai mostrar os 10 km de estradas readequadas, os 162 hectares de solo conservado, os 24 km de cercas construídas, entre vários investimentos em solo e energia aplicados pela Itaipu não só em Medianeira, mas em toda a região de abrangência da binacional.

 

Desde que Itaipu ampliou sua área de atuação dos 29 municípios da Bacia do Paraná 3 para 54 – sendo 52 deles do Oeste do Paraná, um no Noroeste (Altônia) e outro no Mato Grosso do Sul (Mundo Novo) –, os investimentos cresceram exponencialmente. Até 2020, serão aplicados R$ 300 milhões nessas cidades, montante que deve transformar o perfil econômico da região. Este foco no desenvolvimento regional está evidente no estande da empresa no Show Rural. 

 

 

No telão principal do estande são mostradas as ações da empresa em toda sua área de influência. São projetos de energia renovável, programas de educação ambiental, produção de peixe, coleta solidária e proteção à biodiversidade na faixa de proteção, no Refúgio Biológico Bela Vista e no Canal da Piracema. As informações do telão estão sincronizadas com quatro telas colocadas sob o piso, que mostram o mapa da região de abrangência da Itaipu.

 

 

"Achei bastante interessante, tudo que é audiovisual me chama a atenção", resumiu o empresário cascavelense Cléber Sangy, 44 anos. Além de conferir as informações do telão, ele fez um passeio em 360º pela usina usando óculos de realidade virtual. "Estive na Itaipu há 20 anos e, agora, pude vê-la de novo", afirmou. "Temos que nos orgulhar de tudo que é bem feito aqui no País e Itaipu é um motivo de orgulho.”

 

Energias renováveis

A atuação da empresa no desenvolvimento regional tem como grande foco a questão energética. Primeiro, com as diversas ações voltadas para proteger a água que chega ao reservatório. Segundo, pelas iniciativas de exploração de outras formas limpas de energia. Uma delas é a solar. Um simulador também instalado no estande mostra o grau de incidência solar em qualquer área do Paraná e calcula a quantidade de painéis solares necessária para suprir a residência de energia.

 

O simulador utiliza as informações do Atlas Solar, que mostra o mapeamento do potencial solar de todo o estado e foi lançado em dezembro do ano passado, produto de uma parceria entre Itaipu, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

 

"O Paraná tem uma média de incidência [de radiação solar] 40% maior que a da Alemanha, mas produz muito menos energia a partir desta fonte", disse o engenheiro agrícola Jefferson Silva. De acordo com ele, a irradiação média do estado é de 1.787 kW/m² (quilowatt por metro quadrado) ao ano, muito maior que a da maioria dos países europeus. "Falta conhecerem este potencial e investirem na energia solar.”

 

Conheça o Ch4pa: veículo de uso rural movido a biogás 

O carro-chefe das energias renováveis no estande de Itaipu é o biogás. Para a edição do Show Rural 2018, o Centro Internacional de Energias Renováveis - Biogás (CIBiogás) levou o Ch4pa, protótipo de veículo com várias aplicações no meio rural, desenvolvido em parceria com a empresa austríaca Spirit Design.

 

"O Brasil importa 60 bilhões de litros de diesel e de gasolina todo ano. Nós acreditamos que o agronegócio pode investir nos biocombustíveis, gerar economia e reduzir o impacto ao meio ambiente", considerou o presidente do CIBiogás, Rodrigo Régis. Para ele, o agronegócio tem a possibilidade de zerar os gastos com combustível se investir na tecnologia do biogás. 

 

Outro exemplo é a planta de biometano instalada na Itaipu e que também pode ser visitada virtualmente por óculos 360º, mais uma das atrações do estande da Itaipu. 

 

O papel do CIBiogás é fazer com que a inovação gere novos negócios. “Não existe inovação sem empreendedorismo", afirmou Régis. "Novos negócios criam empregos, que fazem movimentar a economia e contribuem com o desenvolvimento da região. E, no final, é para isso que todos estamos trabalhando", concluiu.

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Transmorgan
Banner Carl Hart
Banner pedrão
banner vende apartamento II
Alquimia
Banner Marlene
Bassani
Banner Juvenal
Cerâmica Zanoni
Auditoria da Dívida Publica