Banner Cema

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Se valores não forem ensinados direitos não serão respeitados
  Data/Hora: 28.mar.2018 - 18h 4 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar

O centro das atenções da violência era o Rio de Janeiro, mas ultimamente Fortaleza está se destacando nos jornais do Brasil. Neste sábado, 24/03/2018, membros de facções criminosas atacaram o prédio da secretaria de justiça usando armas e granadas, 3 deles morreram em confronto com a policia. Nesse mesmo fim de semana 12 ônibus foram incendiados em Fortaleza e outros seguem durante a semana.

 

Violência gera violência e a população fica entre policiais e bandidos, assustada, perdida e exposta, sem saber como se proteger. A qualquer momento mais gente pode morrer por conta desses conflitos, seja uma dona de casa que precisou ir ao supermercado, um policial que está trabalhando para proteger a sociedade, ou mesmo mais um membro dessas facções criminosas. Todos nós chegamos ao mundo da mesma forma, pequenos e totalmente desprotegidos, nossa trajetória de vida nos fez quem somos hoje, seja bandido, herói ou mocinho, somos todos seres humanos com uma vida a zelar.

 

O Governo investe em segurança, a polícia em armamento e capacitação de profissionais para combater o crime organizado. E o cidadão está fazendo o que? Procura a justiça quando seus direitos não são respeitados? E porque não foram respeitados? Provavelmente pela falta de valores que conduzem a uma convivência harmoniosa, justa e respeitosa com o outro.

 

Se quisermos resolver o problema da violência precisamos trabalhar para acabar com essa absoluta falta de valores éticos e morais que a nossa sociedade está inserida. Os centros educativos não estão dando conta do recado, de acabar com a violência na formação do cidadão e a sociedade precisa se unir e agir pra mudar essa realidade.

 

Colabore conversando, gerando movimento que faça as pessoas refletirem sobre valores como honestidade, respeito, justiça, responsabilidade, compromisso, generosidade,  amor e tudo que possa contribuir para uma cultura de paz. Essa missão é nosso, de todo cidadão que deseja não só uma sociedade melhor, mas contribuir para um mundo melhor. Portanto antes de pensar no nosso direito precisamos cumprir o nosso dever de EDUCAR.

 

O Programa Cinco Minutos de Valores Humanos para a Escola e o Programa Cinquenta Minutos de Valores Humanos para o Ensino Superior, estão disponíveis gratuitamente na internet, para o ensino de valores humanos em todas as idades. Qualquer pessoa pode acessar esse material em: http://www.cincominutos.org/. Acredito que fomentando essa temática construiremos novos conhecimentos e desenvolveremos valores que nos conduziram a uma sociedade mais justa, pacífica e feliz.  

 

Entendo que ensinando valores estaremos também defendendo direitos, inclusive o principal deles, o direito a VIDA.

 

Rosita

rosita_fonteles@hotmail.com

28/03/2018

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Otica PetriU
Rose Bueno Acessórios
banner vende apartamento II
Banner Carl Hart
Auditoria da Dívida Publica
Cerâmica Zanoni
Transmorgan
Banner pedrão
Banner Juvenal
Alquimia