Agua timol

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Nervosismo: cuidado com o que fala e faz...
  Data/Hora: 10.abr.2018 - 8h 23 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

Nervos à flor da pele elevam a pulsação e desorientam o senso da razão. Aí você se destempera, age movido pelas emoções e o resultado é imprevisível. Num estágio assim, palavras mal expressadas e atitudes desconexas vêm inesperadamente, tiram-no do prumo da serenidade e você fica a um passo do imponderável. Lembre-se, agir sobre a tensão dos nervos põe-no contra o mundo, achando que todos estão errados e você é quem está certo...

 

O que sai da nossa boca, em momentos irascíveis, pode causar rupturas no entendimento, às vezes irreversíveis. Porquanto, cuidado. Policie-se. Provocações, embates, desafios, celeumas, contestações e tudo o mais que possa ser um fogaréu para a sua tranquilidade, evite. Se pressentir uma impulsão interna, que está prestes a vociferar e esmurrar paredes, contenha-se, inspire fundo e faça uma pausa. Dê-se um tempo. Acalme-se. Alargue o espaço entre você e o oponente, olhe ao redor, mapeie o ambiente e não perca a fleuma. O nervosismo é o condutor da irracionalidade. Para que cenas desagradáveis e, ao final, você olhar para si mesmo, não se reconhecer e ser visto como um desequilibrado por todos?

 

Serenidade, sensatez, equilíbrio: essa é a roupagem que você deve vestir. Com certeza irá resolver os dilemas mais difíceis, as pessoas descerão degraus para nivelar-se a você e o diálogo e as ações serão calmas, cordatas e proveitosas.

 

 

Nervos em “brasa”, pensamentos “quentes”, palavras destemperadas... As ações, nesse estágio, são imprudentes e, quando não, agressivas. Cuidado. Ao sentir o embrasamento das emoções, pare, reflita, afaste-se a sós um instante e esfrie a tensão. Cabeça fresca, ideias serenas, ações cordatas: é assim que age o líder, calmo, equilibrado, decisões convenientes e acertadas.

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Cerâmica Zanoni
Otica PetriU
Transmorgan
banner vende capeletti
Banner Juvenal
Alquimia
Banner Marlene
banner vende apartamento II
Rose Bueno Acessórios
Auditoria da Dívida Publica