Vende-se apartamento no centro

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Dia dos pais: Como você, pai, se relaciona com os amigos do seu filho?
  Data/Hora: 6.ago.2018 - 18h 6 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

Pai, os amigos do seu filho hão de ser também amigos seus. Se um deles não for um bom amigo para você, acaso o será para o seu filho? Pense nisso!

 

As amizades do seu filho devem ser escolhas do livre arbítrio dele. Deixe-o, pois, exercer esse direito, unir-se aos certos e distanciar-se dos errados. É certo que ninguém tem uma tabuleta externa de identificação informando ser bom ou ruim. Por isso, recomendável é orientá-lo sobre o caráter daqueles que dele se aproximam.

 

Atenção, pai, reflita bem se for proibir suas amizades. Não conflite com seu filho, pois em vez de afastá-lo você pode, ao contrário, aproximá-lo ainda mais. Permita-o escolher, porém ´vigie´ quem ele escolhe. Você sabe, há muitos pecadores transvestidos de anjos...

 

Seja amigo dos amigos do seu filho e ele mais ainda será amigo seu!

Saia da zona de conforto e saiba mais quem é quem na vida do seu filho. Procure conhecer um pouco mais o perfil dos seus amigos, e eles também conhecê-lo. Entre você e seu filho, aja como um mediador. Avalie quem são eles, quais os “legais” e quais os “pintas bravas”. Aponte as virtudes e defeitos de cada um, sempre com a definição de quem é melhor, de quem se coaduna com ele. Pode ser trabalhosa, mas é uma é tarefa inadiável que você deve realizar com sapiência para não cometer equívoco. Mantenha-se sempre de ‘olho vivo’. Antecipe-se, oriente-o e acompanhe seus passos. “Deixar como está para ver o que acontece” pode ser um erro irreversível. Bem zelar quem amamos deve ser uma missão prazerosa e não um suplício. Seja o segundo ‘anjo da guarda’ do seu filho. Em todas as horas, por toda a vida!

 

Prof. Inácio Dantas

Do livro “Ensinamentos de pai para filho”

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-941906232-ensinamentos-de-pai-para-filho-licoes-de-vida-para-toda-a-v-_JM

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner pedrão
banner vende apartamento II
Otica PetriU
Banner Marlene
Auditoria da Dívida Publica
Bassani
banner vende capeletti
Rose Bueno Acessórios
Alquimia
Cerâmica Zanoni