Banner Cema

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
VIOLÊNCIA SEM LIMITE: Que tal combatermos a violência com inteligência? Se o amor humano traz decepções, que tal experimentar, absolver e incorporar a esse paladar o AMOR DIVINO?
  Data/Hora: 10.ago.2018 - 7h 49 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

Ao ver a violência sem limite que abunda em nosso meio, como pai, avô e um ser humano adepto a Cultura da Paz e um amante inveterado dos verdadeiros Ensinamentos de Cristo – o CONHECIMENTO – que nada tem a ver com religião e todos esses “ismos” que aparecem por aí – mas sim, com a REALIDADE DO NOSSO SER, não posso, não devo ficar de braços cruzados assistindo abanda passar com seus “propineis” disfarçados de “fiéis” se locupletando com dinheiro público.

 

Há mais de 2000 anos, quando esteve por aqui nos visitando em sua expressão corporal e convivendo lado a lado com hienas e chacais que, a exemplo de hoje legislavam e aprovavam leis de interesses “imperiais e bacanais”, Cristo já nos dava uma belíssima lição nos afirmando que: “o AMOR é o único caminho que nos leva a cura, ao bem estar, a prosperidade, ao êxito verdadeiro e a felicidade”.

 

E sempre que realizada os seus milagres, afirmava: “Tenha fé meu filho, quem te curou foi a fé que você tem em vosso Pai”. O termo Pai aqui, por Ele usado, referia-se a Deus, a Fonte do nosso Ser, que nada mais é do que o AMOR puro e verdadeiro – AMOR esse que assim como o ar que nós não vemos e sem ele a própria vida desaparece – ELE está aí para ser usado em cada segundo da nossa VIDA, até por que, ele é a própria VIDA, a Fonte do nosso Ser.

 

Com essa intenção e essa diretriz, estive visitando ontem o Professor Wagner, Diretor da UNIGUAÇU – FAESI e com o Daniel, um dos mantenedores e sócio desta Instituição, com o intuito de iniciarmos um Projeto inovador de combate a Violência com Inteligência, procurando demonstrar aos nossos JOVENS o quanto a filosofia, a Ciência e a Fé podem ajuda-los a viver melhor.

 

O nome do Projeto chama-se CONART – Concurso de Redação, Poesia, Oratória e Artes Plásticas. Com referência a Artes Plásticas, inicialmente a ideia é direcionar o trabalho para confecção de Fantasias de Carnaval, tendo em vista que, como o nosso município está localizado numa região de tríplice fronteira, diversos temas poderão ser usados pelos estudantes visando esse viés educativo – e ao mesmo tempo corporativo com o Turismo Universal.  

 

A intenção é mobilizar a comunidade e com o apoio de todos os órgãos, entre eles o Ministério Público, Poder Judicial, Polícia Militar, Civil, Executivo e Legislativo, Polícia Federal, através dos seus agentes locais e levar para as Escolas força moral e autoridade para os nossos PROFESSORES, para os nossos mestres, responsáveis diretos pela iniciação e formação de todas as demais PROFISSÕES...

 

Por que essa preocupação?

 

Vejam que um olhar mais apurado para tudo o que está acontecendo atualmente no mundo – em especial no nosso país – nos mostra que algo mais elevado precisa ser feito com urgência, urgentíssima com a nossa JUVENTUDE.

 

As pessoas de bem não podem ficar mais de braços cruzados diante da situação de intolerância e desvio de conduta que tem levado ao extermínio grande parte da nossa juventude.

Não podemos admitir que a parte mais produtiva de uma nação – a nossa juventude – cuja missão é criar, inovar e fortalecer – sejam retirados do convívio familiar e social precocemente por esta violência sem precedente na história da humanidade.

 

Como admitir que num país rico e produtivo como o nosso, com riquezas naturais abundantes possam conviver com mais de 70 mil homicídios anualmente. No ano passado foram 74.860, segundo dados oficiais. Esses números são como se praticamente três municípios do tamanho de São Miguel, fosse riscada do mapa a bala todos os anos.

 

Sem contar que temos hoje cerca de 700 mil presos a um custo mensal de R$ 4.200 por mês cada, enquanto que, o salário do PROFESSOR (...), como afirmava o nosso saudoso Chico Anísio.

 

Entre nesse barco – venha experimentar e saborear a força e o vigor do Poder das Palavras seja na Poesia, na Oratória ou na Redação. Na próxima, estarei falando sobre o local escolhido para servir como Projeto Piloto para essa implantação.  

 

Com relação à matéria de ontem com esse mesmo título – VIOLÊNCIA SEM LIMITE - onde a candidata a deputada federal, Evelyne Paludo, pede retratação – devo afirmar que o termo “entrelinhas” que está na matéria é de nossa autoria e que, em momento algum ELA usou essa expressão no vídeo, onde fala da sua satisfação em receber a comunicação da Justiça de que a Ação iniciada pelo seu pai contra o Grupo Maggi chegava ao seu final com a restituição de R$ 4 milhões de reais aos cofres públicos.

 

João Maria Teixeira da Silva

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Otica PetriU
Banner Juvenal
Banner Marlene
Auditoria da Dívida Publica
Bassani
Alquimia
Banner pedrão
Transmorgan
Cerâmica Zanoni
Rose Bueno Acessórios