Banner Cema

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Eleições estão próximas... É hora de Prudência, Calma, Tolerância!
  Data/Hora: 1.out.2018 - 22h 20 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

1.Ofensas: defenda-se com a Prudência.

 

Prudência é um conjuntos de dádivas, “calma, ponderação, sensatez, paciência ao tratar de assunto delicado ou difícil”.

 

Como saborear dias felizes no futuro quem vive no presente com o arco das palavras malsãs vergado, a desferir setas ofensivas contra os semelhantes? Saborear a doçura de dias aprazíveis requer ter sensibilidade e travar a língua para não soltar o que vai causar dissabores. Ao vivenciar uma situação em que seja compelido a agir assim, pare e imobilize as ações.

 

Prudência. Não ofenda e proteja-se de ataques ofensivos com o escudo do diálogo conciliador. E não precisa ser eloquente ou ter título acadêmico: apenas fale e ouça prudentemente, tendo como referência a lei dos homens e os ensinamentos cristãos.

 

2.Com o extintor da calma, apague o incêndio da irritação

 

Não se permita incendiar pelas labaredas da irritação - podem ser incontroláveis... Sua mente se perturba, o raciocínio colapsa e você sai do eixo de si mesmo: aí é o imponderável...

 

Irritação? Avalie o porquê e as razões, quanto tem a ganhar, quanto a perder. Olhe-se “por dentro”, quem ou o quê incendeia sua calma. Trabalhe nisso, assossegue-se e pondere: se puder relevar erros, falhas e enganos, faça-o. Se não, inspire fundo, oxigene as hemoglobinas, refreie os músculos e reflita: a lei é alternativa plausível. Dica: "não se irrite". Ante pressões e situações criticas, controle-se. Com pensamentos e decisões livres de irritações você age e interage, motivado e em bons termos.

 

Calma.  Brisas de paz sopram como extintor das irritações. Você, olhar sereno, coração “pianinho”, fazendo par com a vida, e jamais adversário dela!

 

3.Com tolerância, você e sua vida no mesmo ritmo, no mesmo tom.

O mundo é feito de desiguais, e essa é a beleza da criação de Deus: seres heterogêneos, gênesis homogênea. Aceitar as desigualdades é algo que você deve ter como filosofia de vida.

 

Tolere o próximo, mesmo que discorde, assim você será tolerado, mesmo nas discordâncias. Afinal, não existe pessoas iguais: logo, iguale-se pelas desigualdades.

 

Você e ninguém é dono de verdades e certezas. Pontos de vista muda-se facilmente, como uma simples vírgula muda todo um contexto. A intolerância é um muro a separar você e o mundo.

 

Tolere, e viva seus dias em brandas nuvens, sob o beneplácito supremo. Destarte, sua vida neste plano evoluirá com as demais, uma orquestra no mesmo ritmo, no mesmo tom.

 

Inácio Dantas

Do livro “Sementes de Vida”

Adquira em:

https://www.agbook.com.br/book/262203--Sementes_de_Vida

 

 

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Carl Hart
banner vende capeletti
Otica PetriU
Alquimia
banner vende apartamento II
Banner pedrão
Banner Marlene
Transmorgan
Auditoria da Dívida Publica
Bassani