Vende-se apartamento no centro

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Primeiro CONAR – Concurso de Poesia, Redação e Artes Visuais que visa Combater a Violência com Inteligência pregando a Cultura da Paz, já é realidade...
  Data/Hora: 22.out.2018 - 16h 58 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

O Primeiro CONAR – Concurso de Poesia, Redação e Artes Visuais, é uma iniciativa do Jornal O Farol, em parceria com a FAESI – Faculdade de Ensino Superior de São Miguel e tem como objetivo combater a violência com inteligência demonstrando aos nossos jovens o quanto a filosofia, a ciência e a fé podem ajudá-los a viver melhor pregando a Cultura da Paz.

 

As primeiras sementes foram semeadas com o apoio de diversos setores de nossa comunidade, entre as quais, pessoas como a Professora Ilse Maria Viola, Diretora do Colégio Nestor Victor dos Santos que já na primeira visita que fizemos a aquela Instituição de Ensino, se prontificou em ouvir e discutir a sua viabilidade. Na sequência apresentou aos demais membros da sua equipe de trabalho, ficando o Colégio Nestor como sendo o “Projeto Piloto” para a sua implantação.

 

 

Foram várias reuniões com a sua supervisão e os demais professores da área para lapidar e aprimorar o Regula-mento, visando facilitar a sua aplicação em sala de aula. Hoje o mesmo já é realidade e está inserido em diversos estabelecimentos de Ensino, entre eles o próprio Colégio Nestor; Colégio Castelo Branco; Colégio Pedro Viriato Parigot de Souza e Colégio Estadual do Campo Dom Pedro II.

 

 

Ao ver o entusiasmo da Diretora do Colégio Parigot de Souza, professora Rejane Maria Christ Ghellere, ao nos dizer: “Os professores já estão trabalhando o conteúdo de apoio em sala de aula. Os alunos estão amando o material”, podemos dizer que apesar de recém nascido, já podemos visualizar esse Projeto como uma árvore frondosa que num curtíssimo espaço de tempo estará gerando bons frutos em nosso meio.

 

Nota dez com louvor ao Professor Jacinto Vagner Rupp, diretor geral da FAESI – Faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu, parceiro deste Projeto. Assim que o visitei e tomou conhecimento do mesmo, reuniu os demais membros da Instituição e nos disse: “Para dinamizar ainda mais essa ideia, vamos colocar como premiação ao primeiro colocado de cada categoria do Terceiro Ano do Ensino Médio, uma bolsa de Estudo dado pela FAESI”.

 

Nota dez com louvor, ao Promotor de Justiça, Dr. Pedro G. H. Almeida Machado que se fez presente já na primeira reunião, realizada no Colégio Nestor para a implantação deste Projeto e, de imediato se prontificou a dar a sua parcela de colaboração, ministrando palestra com o tema – Cultura da Paz – com os alunos participantes.   

 

Confesso que mesmo com tudo o que vem acontecendo ao redor e nos bastidores de um sistema onde grande parte dos seus membros que deveriam dar o exemplo, não consegue ver a “luz da alma” dentro das pessoas e sim, apenas o reflexo do seu próprio impulso egocêntrico – a escuridão – tenho sentido uma sensação de satisfação e bem estar em um nível infinitamente profundo que jamais havia sentido antes, na realização deste trabalho.

 

É nessas horas que passamos a entender o verdadeiro sentido das palavras do Mestre, quando nos disse: “Você está em harmonia com os mais profundos recantos do seu ser – estais experimentando e expressando “amor” nos seus atos e ações e isso o deixa em paz e feliz. Não reaja. Perdoe a todos. Você é superior a tudo isto”.

 

Com o intuito de passar ainda mais segurança, você ouve os sussurros destes ensinamentos te dizendo: “Quando você percebe, aceita e compreende plenamente que em cada “sessão de aprendizagem em sua escola na Terra” você sempre tem acesso à Divina Inteligência Amorosa que resolve todos os problemas de maneira perfeita, você é elevado além do alcance do pânico e da dor. Você resolve seus problemas rápido e suavemente e percebe que as suas próprias reservas de sabedoria e conhecimento vão aumentando de muitas maneiras”.

 

De onde vem essa sensação e por que digo isto numa matéria desta natureza?

 

Mesmo estando vivenciando um turbilhão de emoções, onde os impulsos magnéticos de “ligação – rejeição” se tornam tão complicados e entrelaçados que são difíceis de diferenciar e discernir – tendo em vista que envolve aquilo que você mais preza e tem por ela um Amor Incondicional, a Família, consigo escrever e transmitir nesse nível de entendimento, com bondade no coração, graças ao CONHECIMENTO, que Ele nos legou. Estou apenas repassando tudo isso para ser aproveitado pela nossa juventude.

 

É nessas horas que percebemos com toda nitidez que não estamos sós no conjunto do universo – e que, na verdade, somos parte integrante desta Energia Cósmica Universal, que é ou tem acesso ao poder de Deus. Energia essa que nós não vemos – mas, assim como o ar que respiramos que é invisível – e se for retirado de nós a própria VIDA se esvai – ELA está presente nos alimentando e nutrindo cada célula não só do nosso corpo, mas de todas as formas de VIDA que existem na Terra.

 

Como extrair e se nutrir desta Energia?

 

É o que colocamos no material de apoio que distribuímos nas escolas, onde pincelamos os princípios básicos dos Ensinamentos Dele, que, aliás, já pregava isso há mais de 2000 anos: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida...” E mesmo sem ter escrito um livro sequer, através dos seus atos e ações e dos seus memoráveis Sermões da Montanha, nos legou o CONHECIMENTO em forma de filosofia de vida e toda a base do que a ciência procura desvendar nos dias atuais e não encontra explicações.

 

Quem procura se nutrir nesta Fonte de Conhecimento, através de uma busca sincera, alicerçada na oração e na meditação, no silêncio profundo, com o passar dos dias, meses ou até mesmo anos, conseguirá sentir os reflexos desta sua Energia Transcendental e a beleza do seu efeito revitalizador. Efeito esse, capaz de nutrir e transformar até mesmo o caos existencial que estamos vivendo nos dias atuais, em PAZ E FELICIDADE.

 

Lembro-me como se fosse hoje, os sonhos e insights do ano de 2005, me acordando e me obrigando a saltar da cama altas horas da madrugada para rabiscar e colocar no papel todo o script vivenciado horas antes em alto mar, como se fossem reais, como se estivesse dentro daquelas embarcações que subiam e desciam levadas pelas ondas e os ventos fortes, com gente caindo, com gritos de socorro ecoando no ar.

 

Destas imagens e insights nasceu na época um Projeto com um nome bem sugestivo: “S O S Mama África”, cujo objetivo era transformar em recursos os “contos e poesias que nasceram juntos” para ajudar aquela região sofrida e massacrada pela fome e pela miséria e por uma explosão de ódio e ressentimento, justamente por falta deste CONHECIMENTO que o Mestre dos mestres nos legou.

 

Uma época de explosão e criatividade que surgiam nas mais diferentes horas do dia ou da noite em forma de poesias – difícil dizer qual a mais linda. Uma delas me marcou não só pela profundidade – mas também por uma pontinha de ira santa – aquela reação interior que nos incita e nos faz apressar o passo na busca de soluções – e quando você não encontra entre os seus, se revolta e coloca no papel com a beleza e a pureza de quem visa ajudar, ajudar e ajudar – a qual eu dei o sugestivo nome:

 

“COMO OS PRIMATAS”

 

Como viver numa cidade,

onde até a luz solar

é constantemente embaçada

pelas sombras da mediocridade?

 

Adoro subir nas árvores

e viver como os primatas,

colhendo o fruto maduro

e saciando a fome que mata.

 

A fome que mata?

Sim! Milhares diariamente.

A onde?

Nos quatro continentes.

 

Não! Isso não!

Quero ser gente

voltar às cavernas

e rever os meus parentes.

 

Anos mais tarde, o mundo todo assistiu ao vivo e a cores uma legião de refugiados, cruzando os mares e arriscando a própria vida em alto mar – muitos tendo os seus sonhos interrompidos e os seus corpos sepultados nos oceanos.

 

Coincidência ou não, o fato é que, as imagens e os pedidos de socorros são semelhantes aos da época, como se essa Consciência Cósmica Universal, essa mente Superior que liga a criatura ao Criador, estivesse nos enviando e solicitando providencias urgentes urgentíssimas...

 

Confesso que ainda hoje, só em lembrar aqueles momentos e saber que por mais que tentei, pouco ou quase nada consegui fazer, eu me derreto em lágrimas, a voz embarga e o pensamento que mais marcou e ficou registrado foi este: “Pobreza e miséria, o lixo atômico que se une ao tempo e forma a molécula que, de tempo em tempos, explode as massas e une a humanidade”.

    

O que me deixa imensamente feliz hoje, é ver que, essa Consciência Cósmica Universal está tocando a mente e o coração de mais e mais pessoas nas mais diferentes partes do mundo. Eu diria que, uma das maiores preocupações no momento não é lá fora, mas sim, aqui dentro, em solo pátrio. O país está passando por profundas transformações políticas e sociais e precisamos agir com rapidez para não deixar renascer um longo período de sombra e escuridão.

 

 

 

Como podemos contribuir para a elevação social e não deixar que esse longo período de sombra e escuridão se estabeleça?

 

Seguindo as pegadas do Mestre – procurar fazer com que mais e mais pessoas conheçam o seu VERDADEIRO CONHECIMENTO, o que ele realmente quis nos dizer quando esteve nos visitando na região da Palestina ao afirmar: “O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE VOCÊ...”.

 

Como colocar isso em prática?

 

O primeiro passo é nos aprofundar no que ele pregou, estudando a VERDADE que sustenta toda a existência – procurando unir ciência e fé – demonstrando principalmente a nossa juventude de que muito mais importante do que TER, é SER..., procurando entender, por exemplo, o que Ele quis nos dizer com essa afirmação: “O Reino de Deus está dentro de nós...”.

 

O simples fato de voltarmos os olhos para isso, vamos entender que existe algo de muito mais grandioso envolvendo o mistério da Criação. “Ele nos ensina de que tudo é basicamente Energia tornada visível através das frequências vibratórias dessa mesma energia”.

 

E que Energia é essa?

 

Essa energia é Consciência Divina – CONHECIMENTO – conhecimento este que nada tem a ver com religião e sim, com ESPIRITUALIDADE, ou seja, o ELO que hoje nos falta ligando a Educação Material que aí está que tem privilegiado o TER, a Educação Espiritual que visa valorizar o SER, sem desprezar o TER...

 

É nesse ponto que começamos a desvendar o grande segredo que faz parte da REALIDADE que Ele veio nos ensinar (e foi ridicularizado, humilhado e crucificado praticamente pelos mesmos que ainda hoje insistem em dominar o mundo e subjugar a humanidade) – o eletromagnetismo, o qual a Consciência Divina utiliza para fazer com que nossas formas de consciência – nossos pensamentos – assumam uma forma visível, daí a expressão: o verbo é Divino. ESTE É O GRANDE SEGREDO DA CRIAÇÃO. Ou seja, nós vamos estar amanhã, onde o nosso pensamento estiver – e isto vale para todas as áreas da vida...

 

Hoje, existem centenas de publicação onde se ensina a “pensar positivo” (apenas com a nossa mente consciente), que realmente funciona momentaneamente e até nos ajuda sim, a melhorar as nossas condições de vida – porem falta o poder, a inspiração e a força de VIDA.

 

“A maneira de criar conscientemente as circunstâncias que escolhemos, ou receber uma resposta aos pedidos claramente expressos, é fazer meditação profunda e elevar a mente e o coração a Consciência Divina – acreditando sem nenhuma dúvida de que está fazendo contato com essa Inteligência Cósmica Universal que é ou tem acesso ao Poder de Deus. Isso é ter Fé...”, ensina Cristo.

 

São nesses momentos que devemos compreender que a Natureza e a Vontade da Consciência Divina é satisfazer todas as nossas necessidades e pedidos. Quando conseguimos fazer isso sem a menor sombra de dúvida – unindo compreensão e fé – “recebemos da nossa consciência uma espécie de selo” – o impulso criativo que trará o pedido que fizemos para a manifestação visível – o que na maioria das vezes chamamos de “milagre” – “e nada mais é do que a Realidade das Leis da Existência – O CONHECIMENTO – Amor Incondicional – a fusão das ENERGIAS criativas”.

 

Como levar os nossos pedidos a Consciência Divina?

 

Os nossos pedidos podem ser feitos mentalmente ou em voz alta, de uma forma absolutamente clara, precisa, descrevendo o que acredita que seja correto e que realmente esteja necessitando em detalhes nítidos.  Só não esquecer de que, antes de fazer a sua petição à Deus, a Consciência Divina, deve exercitar primeiro a meditação e procurar relaxar o corpo da forma mais profunda possível e esvaziar a mente de toda e qualquer pensamento impuro.

 

Faça com que esse momento de “oração”, esse diálogo com o “Pai”, seja absolutamente claro – descreva o que acredita que seja o melhor e o mais correto para você e para todos que fazem parte do seu Projeto de VIDA.

 

Saia deste estado de meditação acreditando e agradecendo com um sincero muito OBRIGADO e uma profunda alegria no coração como se isso já fosse seu, como se já estivesse alcançado, antecipando assim o futuro para o presente, como se já estivesse usufruindo dessa graça concebida por Deus. É um momento mágico de profunda paz e energia.

 

Esse é o grande objetivo deste Primeiro CONAR que estamos realizando em parceria com a FAESI – Faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu, cuja implantação teve inicialmente como ‘Projeto Piloto’, o Colégio Nestor e que já chegou também ao Colégio Parigot de Souza; Colégio Castelo Branco e Colégio Estadual do Campo D. Pedro II de São Jorge. Nossa intenção é que esse Projeto se espalhe levando luz e energia a nível nacional.

 

Participe, colabore, seja parte integrante deste Projeto: 1º CONAR – Concurso de Redação, Poesia e Artes Visuais, cujo objetivo é: Combater a Violência com Inteligência, demonstrando aos nossos jovens o quanto a filosofia, a ciência e a fé podem ajudá-los a viver melhor pregando a Cultura da Paz.

 

Um dos pontos que procuramos ressaltar para a nossa JUVENTUDE através deste Projeto é que, a VINGANÇA, o ódio e o ressentimento é uma espécie de bumerangue que retorna magneticamente trazendo algum tipo de sofrimento ao pensador. Ou seja, o magnetismo que falamos acima que faz parte das Leis da Existência...

 

A palavra, o pensamento contém força e poder. Quando afirmamos, por exemplo, “eu odeio”, “não suporto”, “detesto”, “nego”, “rejeito”, “me oponho”, “não mereço”, “ele vai me pagar”, estamos expressando e enviando ao nosso oponente uma espécie de consciência que contém na sua essência o vírus da maldade. Temos que mudar isso.

 

São ressentimentos e sentimentos negativos que não só afetam as pessoas e tudo o que está ao seu redor, como também volta para nós mesmos, nos levando aos colapsos nervosos – e mesmo físicos. Ou seja, podendo até matar não só o nosso oponente, como também o próprio emissor.

 

Uma passagem histórica e milenar que poucos falam sobre ela – mas que reforça esse PODER que existe nas palavras que saem da nossa boca, é o confronto que o próprio Mestre teve com a figueira perto de Betânia, no mesmo dia em que Ele expulsou os escribas e fariseus do Templo? Ele tinha fome e insensatamente procurava figos fora de época. Não encontrando, amaldiçoou a árvore, dizendo: “que ninguém voltasse a comer do seu fruto”.

 

Isso aconteceu num tempo em que Ele, como Jesus, usou de forma totalmente irresponsável o seu “poder mental”. A árvore secou até as raízes e estava morta no dia seguinte, para espanto de Pedro, que estava ao lado e testemunhou o episódio. Entretanto, ao falar com os seus discípulos, Jesus usou esse acontecimento como um exemplo e um aviso do poder da palavra, do poder exercido pela mente sobre os seres humanos.

 

O Pensamento Positivo ajuda a fortalecer o ego?

 

Pensar positivamente ajuda – mas não é tudo. Aliás, um dos grandes problemas da humanidade atualmente tem sido justamente isto. Encontramos centenas de publicações onde mestres da “autoajuda” ensinam as pessoas a se apegarem a pensamentos de ligação “magnético-emocional”, sem mencionar que, se pode sim, conseguir resultados imediatos – mas que, essas instruções servem para fortalecer ainda mais o poder do ego.

 

As pessoas são encorajadas de que se acreditarem e meditarem, “Deus” ou o “Poder de seu subconsciente” a ajudará a obter tudo o que querem. No princípio, de fato, as pessoas sentem grandes benefícios e encontram portas abertas para conseguirem os seus objetivos.

 

Porém, quando nos engajamos num caminho espiritual elevado em busca de um poder mais alto – que é o que toda e qualquer pessoa deve almejar nessa vida que nada mais é do que uma passagem (em especial os nossos mestres, os nossos professores que escolheram não uma profissão – mas sim, uma nobre missão), não podem esquecer que nossas vidas são destinadas a expressar todos os níveis de nossa consciência / mente, emoções e corpo.

 

Ou seja, o pensamento positivo ajuda a dominar o reino físico da consciência através de uma melhor comunicação entre a mente consciente e o nosso banco de memória, o subconsciente. O próximo passo que muitas vezes não se menciona nessas publicações, é a mais importante aventura no campo da espiritualidade, pois estaremos adentrando no reino das emoções.

 

Como o próprio Mestre, menciona – “por isso, de repente, no meio de sua prosperidade o vento sopra um pouco mais forte e cai uma chuva torrencial sob sua consciência emocional que era estável até então, criando múltiplas situações difíceis de toda a natureza. São nesses momentos que muitos que até então só conheciam a parte superficial humana, perdem a fé anterior conseguida através do pensamento positivo”.

 

É nessas horas que notamos que o pensamento positivo por si só, não funciona – precisamos manter uma conexão direta e permanente com o Pai, ou com essa Consciência Divina, como queira chamá-la. O poder do subconsciente é apenas um aspecto do nosso ser espiritual/humano.

 

O pensamento positivo é importante sim – “mas, se o primeiro nível do desenvolvimento, o de procurar a satisfação material através do pensamento positivo, fosse inteiramente satisfatório para os que têm ideais elevados e se eles tivessem recebido tudo o que esperavam então o mundo estaria hoje totalmente voltado à crença do “pensar positivamente”, nos lembra, através do seu CONHECIMENTO.

 

Quando esse tempo chegar, se chegar, onde nossas emoções passam a ser perturbadas por conflitos internos ou externos, estamos na verdade é sendo chamados a examinar a nossa consciência por inteiro, nossas crenças, nossos sentimentos em relação a nós mesmos e aos outros, nossa fé numa dimensão mais elevada. Todos nós no fundo do nosso íntimo buscamos algo mais elevado e estamos sujeitos a esse período de perturbação, de uma maneira ou outra.

 

“Este pode ser um tempo de tremendo crescimento interno e de merecimento em direção à felicidade, ou um tempo de contínua amargura e ressentimento”, lembra o Mestre.

 

E continua: “Este é o momento de despertar plenamente e compreender que o resultado das experiências depende internamente somente de nós – não da sorte ou do destino – mas de nós mesmos, trabalhando dentro e constantemente com a Consciência Divina para chegar finalmente ao cume da felicidade”.

 

O mais importante a observar nisso tudo é que: “esse é também o momento a que somos desafiados a utilizar a nossa mente construtivamente, para que possamos alcançar revelações e ideias mais elevadas com as quais possamos dominar as emoções”.

 

A grande lição que aprendemos disso tudo é que, “a diferença entre o pensamento reativo – que surge das respostas impulsivas egocêntricas das situações incômodas – e o pensamento criativo, inteligente, ponderado, se tornará claro como a luz do dia. Quando isso ocorrer – e a revelação repassada posta em prática todos os dias – o autodomínio estará próximo”. Ou seja, estamos dando um importante passo em busca de uma Cultura de Paz.

 

 

 

 

Denize Teis
 
Denize Teis João da Silva. Quero te parabenizar por esse excelente projeto. À medida que lia o seu texto, fui refletindo sobre a importância de termos ações como esta. Nenhuma transformação social dispensa a reflexão e a educação. E esse projeto possibilita que as duas coisas sejam realizadas conjuntamente. Mais do que te parabenizar, gostaria de, como cidadã, te agradecer por uma iniciativa como esta! Obrigada.
Eu é que lhe agradeço por manifestações como esta, Denize. Isso me lembra a tua visita em nossa redação (Av. Iguaçu, 1177) há mais de 20 anos..., de repente entra uma jovem Menina com uma cartinha na mão, redigida com o próprio punho, confessando já naquela época toda a admiração que tinha e tem pela nossa redação. Tenho-a guardada como uma "reliquia" inestimável. Um Grande Abraço e um Beijo no seu Coração, Professora Linda por inteiro, corajosa e consciente...
Marcelo Pedro Maldaner Maldaner
Marcelo Pedro Maldaner Maldaner Parabéns seu João da Silvapelo envolvimento com os demais e vi.unidade escolar. Sempre é bom vermos boas ações que fazem a diferença na sociedade. Que a semente plantada possa crescer muito e dar frutos, que nos orgulhe, especialmente divulgando a cidade.
 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
banner vende apartamento II
Cerâmica Zanoni
Banner pedrão
Auditoria da Dívida Publica
Otica PetriU
banner vende capeletti
Rose Bueno Acessórios
Bassani
Transmorgan