Banner jessica de jesus

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Li, gostei e repasso essa história para que neste final de ANO e início de ANO NOVO, “possamos refletir sobre o que é mais importante na nossa vida”!
  Data/Hora: 13.nov.2018 - 16h 29 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar

Maria Ortenila Soares

 

O texto a seguir é uma das maravilhosas crônicas da escritora espiritualista, Ângela Aparecida Gonçalves Reis Ferreira, “sobre o que há de mais moderno e eficiente em sua casa”. Com a sapiência das grandes escritoras ela narra uma história comovente de amor entre mãe e filho, contada pela visão de uma criança. Confira:

 

A renomada cientista chegou à escola do município. Sua chegada atraiu repórteres, políticos e os curiosos pais. Dra. Brown, com mestrados e doutorados, dominando vários idiomas, ministrou uma aula para a quinta série.

 

Seu objetivo era demonstrar o que havia de mais moderno e eficiente em termos de tecnologia, no mundo. Para atender a curiosidade, a aula foi transmitida por videoconferência para a praça da cidade. Ela falou sobre as mais avançadas invenções tecnológicas e fascinou as crianças com aparelhos que trouxera em uma grande mala.

 

Finalizou dizendo que cada aluno deveria trazer, no dia seguinte, um texto descrevendo o que de mais moderno e eficiente havia em sua própria casa. O melhor relato ganharia relevante amparo financeiro.

 

No outro dia, havia ainda mais pessoas na praça desejando saber quem seria o premiado. Dra. Brown leu todos os textos e depois de algum tempo, emocionada, anunciou o vencedor.

 

Era um menino de dez anos que escrevera: A senhora pediu para escrever sobre o que houvesse de mais moderno e eficiente em minha casa.

 

Bom, eu moro longe da escola. Levanto bem cedo porque venho a pé. Minha mãe me oferece um copo de café com leite quentinho. Ela é muito rápida para acender o fogão a lenha.

 

Dos aparelhos que a senhora citou na aula não tem nenhum lá em casa. Não temos energia elétrica. Minha mãe ilumina toda a casa com uma lamparina, movida a querosene. Acho que ela também é cientista, como a senhora.

 

A pouca roupa que temos é lavada no rio, com sabão de cinza.

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Otica PetriU
Banner conar
Banner Bolsonaro
Banner Teori
Banner Haroldo
Banner Mães Fortes
Banner guilherme almeida
Banner o fascismo
banner vende apartamento II
Banner pedrão 2018