Banner Campanha Itaipulândia agosto segunda

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Ministra da Agricultura visita Show Rural e elogia atuação de Itaipu
  Data/Hora: 8.fev.2019 - 17h 47 - Categoria: Itaipu Binacional  
 
 
clique para ampliar

A ministra Tereza Cristina Dias participou, nesta sexta-feira (8), do lançamento de um livro patrocinado pela empresa, no estande da usina.

 

Da Assessoria - fotos: Alexandre Marquetti / Itaipu Binacional - A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, elogiou o trabalho da Itaipu Binacional voltado ao desenvolvimento territorial, na tarde desta sexta-feira (8), no estande da empresa no Show Rural Coopavel 2019, em Cascavel (PR).

 

“A gente vê essa empresa com muito orgulho, pois sabemos como ela faz a diferença na região. O que seria do Paraná, do Paraguai, do Mato Grosso do Sul, se não houvesse a Itaipu?”, questionou a ministra.

 

A declaração foi feita durante o lançamento do livro “O Mistério do Ribeirão Vermelho”, de Wilham Santin, que aborda os temas da conservação de solos e do plantio direto com foco no público infantil. A obra foi idealizada e organizada pelos filhos de Herbert Bartz, pioneiro do sistema de plantio direto na América Latina.

 

Além da ministra, do autor do livro e do próprio Herbert Bartz, participaram do evento o vice-governador do Paraná, Darci Piana; o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Marcos Stamm; o diretor da Coopavel, Dilvo Grolli; o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos; o presidente da Federação Brasileira de Plantio Direto, Jônadan Hsuan Min Ma; o diretor de Coordenação da Itaipu, Newton Kaminski; o diretor administrativo da usina, João Ferreira; e o diretor-superintendente do Parque Tecnológico Itaipu, Jorge Callado, entre outras autoridades.

 

Tereza Cristina também destacou a iniciativa de Herbert Bartz, que introduziu o plantio direto na palha no início da década de 70, no interior do Paraná. “O senhor foi um visionário, e temos muito a lhe agradecer", disse a ministra.

 

Atualmente, 62% das terras cultivadas no Brasil utilizam a técnica do plantio direto, que permite uma agricultura mais sustentável e mais resiliente, equilibrada e menos dependente das intempéries ambientais.

 

“Gerar energia e cuidar do meio ambiente são as duas atividades mais importantes para a Itaipu”, disse o diretor Marcos Stamm. “É por isso que investimos em boas ideias, como a do plantio na palha. A integração da usina com a área onde está inserida é fundamental”, completou.

 

A importância do apoio da Itaipu a ações de desenvolvimento também foi reforçada por Darci Piana. “É muito importante para o governo do Estado saber que podemos contar com o apoio da Itaipu”, enfatizou o vice-governador.

 

A produção do livro “O Mistério do Ribeirão Vermelho” contou com o apoio da Itaipu Binacional, Federação Brasileira de Plantio Direito e Irrigação, Fundação Agrisus, Dow Agroscience, Cooperativa Industrial Integrada, Jacto, Tatu Marchesan, Microgeo e Universidade Positivo.

 

Sobre o Livro

“O Mistério do Ribeirão Vermelho” conta a história de três irmãos, Johann, Wieland e Marie Bartz, que aprendem com o pai, Herbert Bartz, como combater a erosão por meio do plantio direto. O texto é de Wilhan Santin, com ilustrações de Waldomiro Neto e design de Ricardo Gurgel. O livro é indicado para crianças de 5 a 12 anos.

 

O objetivo do livro é contribuir, de forma lúdica, com a aprendizagem de conteúdos que envolvem a segurança hídrica e o desenvolvimento sustentável na perspectiva da educação para a sustentabilidade. Também visa contribuir para o conhecimento e preservação da história da agricultura conservacionista no Brasil.

 

Segundo Marie Bartz, a intenção é produzir no futuro novos volumes para dar continuidade à história do Ribeirão Vermelho, com outros conceitos e técnicas da agricultura sustentável.

 

Parte das edições do livro será distribuída na rede de ensino de Rolândia e Londrina (PR), região onde reside a família Bartz.

 

Depois do lançamento, a versão em PDF do livro ficará disponível para download gratuito no site da Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha (https://febrapdp.org.br/), em português e, em breve, em espanhol, francês, alemão e inglês.

 

 

 

 

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,6 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2018, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Teia da operação
Banner fotógrafo premiado
Banner Mães Fortes
Bassani
Banner violência se limite
Banner conar
Rose Bueno Acessórios
banner idiota útil
Banner Mirante
Banner a dieta perfeita