Banner são camilo

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Curso ensina produtores de Santa Helena a fazerem calda para combater pragas e doenças em pomares
  Data/Hora: 2.abr.2019 - 19h 42 - Categoria: Lindeiros  
 
 
clique para ampliar

Da Assessoria - Um curso realizado com pequenos produtores do município de Santa Helena abordou a preparação de caldas para controle de pragas e doenças em pomares e hortas. Os participantes fizeram a calda bordalesa e a sulfocálcica, com observância aos componentes e dosagem adequada de acordo com cada cultura. O treinamento foi realizado na propriedade de Adelmo Freiberger, e contou com a participação de outros 17 agricultores.

 

Os participantes são atendidos pela pelo projeto da Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore) em parceria com a Itaipu Binacional, pelo Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável.

 

Durante a atividade, os agricultores tiveram a oportunidade de conhecer um pouco da história das caldas e seus benefícios para o controle de pragas e doenças em pomares e hortas. Também puderam aprender na prática como fabricar os produtos, a dosagem correta e a melhor forma e época de aplicação, de acordo com a cultura. O curso contou com o apoio dos técnicos da Biolabore, Faguiner Araújo e Maria Helena da Cruz.

 

 

Os produtos são uma excelente alternativa para reduzir a utilização de agrotóxico nas propriedades, segundo a Tecnóloga em Agroeocologia da Biolabore, Maria Fabiana de Brito. O objetivo da capacitação foi ensinar e incentivar os agricultores a produzir seus próprios insumos. O resultado esperado é a diminuição no custo de produção e de compra. Além disso, como as caldas bordalesa e sulfocálcica são pouco tóxicas, são permitidas, inclusive, em sistema orgânico. 

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner fotógrafo premiado
Banner Bertold Brecher
Otica PetriU
Banner as cidades tem alma
Banner militares
Bassani
Banner Jorge amado
Banner pedrão 2018
Banner o fascismo
Banner Lei Lucas