Banner Primeiro Conart

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Domingo é dia de teatro em família - Espetáculo O Príncipe e a Aviadora faz sessão gratuita no Centro Cultural Avelino Vieira
  Data/Hora: 3.mai.2019 - 18h 22 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar

 Peça traduzida em libras promove o acesso a um dos clássicos da literatura universal, com adaptação focada nos temas centrais do universo feminino.

 

Da Assessoria - foto: Odair Rodrigues – Acesso e integração via cultura são parte do que define a turnê do espetáculo infantil “O Príncipe e a Aviadora”, da companhia ST Produções Teatrais, que se apresentará gratuitamente para todo público de São Miguel do Iguaçu, neste domingo (dia 05 de maio), no Centro Cultural Avelino Vieira. Também estão programadas no mesmo local, duas sessões fechadas (10h e 14h), na segunda-feira (dia 06 de maio), para escolas públicas. É uma grande oportunidade de se ter contato com essa montagem que faz uma releitura de um dos maiores clássicos da literatura universal, o Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry, adaptado à atualidade e à valorização do feminino.

 

São Miguel do Iguaçu é uma das 10 cidades que integram a turnê programada pelo grupo, que até o dia 10 de maio terá percorrido cerca de três mil quilômetros pelo interior do Paraná para levar o espetáculo a municípios com menos de 50 mil habitantes.

 

 

O elenco é formado pelos atores Lucas Campos, Marina Franchi e Victor Carlim, que interpretam os personagens da trama. Só que na adaptação a aviadora, a contadora de estrelas e a vaidosa tratam de temas centrais do universo feminino. Todas sofrem uma crítica social, uma vez que transitam exclusivamente pelo universo masculino. A trama se desenvolve com cada personagem mostrando o quanto as “pessoas grandes” se preocupam com coisas superficiais e não dão valor ao que está debaixo de seus olhos. Será através de um sonho, tendo como cerne a trama de O Pequeno Príncipe, que acontecerá a reflexão, para uma resolução positiva. As 30 apresentações serão traduzidas em libras, de forma a enaltecer o tema da acessibilidade. 

 

Viabilização da turnê

O ator, diretor e produtor peruano Sandro Tueros, que assina a adaptação da obra que já foi encenada nos palcos da capital, admite que a viabilização dessa extensa programação pelo interior, que contempla três apresentações em cada cidade, sendo duas exclusivas para escolas públicas – priorizando os quartos anos - e uma aberta ao público, só foi possível via apoio da Companhia Paranaense de Energia (Copel), por conta do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice) que possibilita às empresas em situação regular, e inscritas em Regime Normal de Tributação, a renúncia fiscal de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para projetos de valorização à produção, difusão, circulação, pesquisa e a preservação dos bens culturais, além de ações de caráter educativo para a arte e a cultura no Estado.

 

A turnê contemplará as cidades de Campina Grande Do Sul, Mandirituba, Ipiranga, Tibagi, Laranjeiras Do Sul, Palotina, Guaíra, São Miguel do Iguaçu, Capanema e Rio Negro. Além da população reduzida, tais cidades possuem equipamentos culturais como: cines, teatros municipais, centros culturais ou casas de cultura, que demonstram um esforço dos departamentos e secretarias de cultura e educação em manter tais estruturas para oferecer a comunidade uma programação constante de produtos culturais. Segundo Tueros, esse comprometimento genuíno em garantir o direito à cultura, estabelecido na legislação brasileira, corresponde aos objetivos da companhia, que tem como uma das prioridades a formação de novas plateias do teatro paranaense. “O Profice visa a descentralização do teatro, ou seja, permite que as grandes cidades, que possuem produção de teatro, possam circular pelas pequenas cidades”, elogia o diretor.

 

Serviço:

O Pequeno Príncipe e a Aviadora
Quando:
5 de maio (próximo domingo)
Horário: 17h (sessão aberta ao público**)
Local: Centro Cultural Avelino Vieira - Rua Souza Naves - Centro
*Entrada franca
**Demais sessões são fechadas para as escolas
Adaptação de Texto e Direção:
Sandro Tueros
Duração: 60 minutos
Para mais informações sobre a programação, acesse: www.stteatro.com.br

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Notre Dame
Banner emprego
Bassani
Banner Einstein
banner março 2020
Calendário eleitoral
banner vende apartamento II
Banner Lei Lucas
Rose Bueno Acessórios
Banner Mirante