Banner Campanha maio de 2019

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Sebrae/PR trabalha para fortalecer o turismo de negócios na região oeste
  Data/Hora: 10.mai.2019 - 12h 41 - Categoria: Geral  
 
 
clique para ampliar

Workshop em Toledo reuniu empresários e contou com palestra, talk show e rodada de negócios

 

Da Assessoria - Micro e pequenas empresas do setor de turismo do oeste Paraná participaram de workshop promovido pelo Sebrae/PR, no Abbey Road Pub, em Toledo, nesta terça-feira (08). O evento apresentou aos empresários as principais tendências do setor e, também, promoveu discussões sobre como o turismo pode ser fortalecido na região.

A coordenadora estadual de Turismo do Sebrae/PR, Patrícia Albanez, destacou as principais tendências do turismo. Crédito das fotos: Assessoria Sebrae/PR. 

 

No encontro, a coordenadora estadual de Turismo do Sebrae/PR, Patrícia Albanez, detalhou dados do setor para a economia mundial, visto que 1 a cada 10 empregos formais gerados em 2017 tinham ligação direta com o turismo, setor que representa 10% do PIB mundial.  Ela destacou que no Brasil as principais motivações do turismo são lazer (58,8%), visita a parentes e amigos (25,6%), além de negócios, eventos e convenções (15,6%). “No Brasil, em 2017, segundo dados da OMT e Ministério do Turismo, o Paraná foi o quinto estado que mais recebeu turistas, sendo que Curitiba fica em evidência como um dos destinos mais procurados para a realização de negócios, eventos e convenções”, comentou.

 

Para Patrícia, é importante que os novos comportamentos e perfis sejam observados. No setor de negócios e eventos, por exemplo, ela citou o turista bleisure – palavra criada para se referir às viagens de negócios (business) e lazer (leisure). “Esse turista que vem para o Paraná com a finalidade de participar de um evento é diferente. Ele não quer apenas trabalhar, dormir e voltar pra casa. Ele quer uma experiência que possa levá-lo a conhecer o contexto do lugar em que ele está”, indicou.

 

Nas atividades turísticas existem seis tendências que devem ser consideradas: influência do perfil geracional; empoderamento feminino; turismo lento e de bem-estar; novas fronteiras tecnológicas; turismo gerado em plataformas digitais e gosto pelas experiências e personalização. “Precisamos criar produtos para esse consumo. No caso do empoderamento feminino, por exemplo, temos um crescimento considerável de blogs de viagens escritos por e para mulheres. Como a internet é uma das plataformas mais utilizadas para pesquisas de viagem, esses canais de comunicação podem prestigiar destinos seguros para mulheres explorarem sozinhas, além de valorizar a liberdade e flexibilidade das mulheres para que elas possam planejar os seus próprios roteiros de viagem”, completou.

 

A empresária Martalena Gonçalves, proprietária do Restaurante Peixe Frito Pantanal, em Toledo, e o empresário Paulo Angeli, proprietário da De Angeli Eventos, de Foz do Iguaçu, comandaram um talk- show. Ambos compartilharam as principais experiências nas suas carreiras. 

Martalena Gonçalves e Paulo Angeli compartilharam experiências e deram dicas importantes para os participantes do evento. 

 

“Estamos trabalhando em diversas melhorias no restaurante para recebermos melhor os turistas que vêm até Toledo. Um exemplo: percebemos que muitos dos viajantes que vão até o nosso restaurante são homens. Por isso, decidimos ampliar o banheiro masculino para melhorar a experiência deles no estabelecimento. É uma ação simples, mas que fará a diferença para que este turista perceba que nós pensamos nas necessidades e no bem-estar dele”, contou Marta.

 

Paulo, por sua vez, abordou a necessidade da integração entre os mais diversos setores para a promoção de uma experiência completa ao turista. “Nós criamos o Festival das Cataratas e percebemos que só o evento não seria suficiente. Por isso, a cada edição estamos investindo em inovações tecnológicas e na integração, já que com o passaporte do evento, o participante terá acesso livre aos principais pontos turísticos de Foz do Iguaçu”, observou.

 

Hoje, o Festival das Cataratas é referência em turismo no Brasil, Paraguai e Argentina. Além da exposição e da feira de negócios turísticos, o Festival também conta com outros eventos paralelos como Rodada de Negócios, Salão E-Marketing Cataratas, Expo Hotel Cataratas, Salão de Turismo Cultural e Espiritualidade, Hackatour Cataratas, entre outras atrações.

 

Desafios e possibilidades

Giovanni Rota, vice-presidente e responsável pela pasta de turismo da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acicamar), acredita que há potenciais no turismo local e regional, principalmente, pelo perfil do turista que procura a região.  “O desafio maior é capacitar os nossos empresários para que eles ofereçam exatamente o que o turista vem buscar, aumentando a nossa renda e fortalecendo a economia local”, ponderou.

 

Camila Terron, secretária de Turismo, Esporte e Cultura do município de Guaíra, relata que na cidade, a realidade turística é diferenciada. Após a perda das Sete Quedas, que movimentava não só o turismo, mas toda a economia de Guaíra, a cidade precisou se reinventar e, segundo ela, ter acesso às principais tendências do setor faz a diferença para o planejamento de novos atrativos.

 

“Guaíra já passou por várias fases desde a guerra do Paraguai até a perda das Sete Quedas, que foi motivo de um luto muito grande para a população. Mas, é preciso se reinventar. Podemos aproveitar outros potenciais turísticos do município como o turismo religioso, o ecológico por meio do Parque Nacional de Ilha Grande e até o turismo cultural, pois Guaíra tem sete etnias muito fortes. Tudo pode ser diferencial e precisamos capacitar os empresários para que eles aproveitem os pontos fortes do município e ajudem a recolocar Guaíra como destaque no cenário turístico paranaense”, esclarece.

 

Além dos cursos, capacitações e programas voltados ao turismo, o evento também explorou o Selo de Qualidade no Turismo, promovido pelo Sebrae/PR. “Este selo é uma oportunidade do empresário melhorar os procedimentos de gestão da empresa para atingir mais resultados e aproveitar as oportunidades”, avalia a consultora Débora Dias.

 

Em Toledo, o workshop de turismo contou com a presença de mais de 75 participantes, entre eles representantes de agências de viagens, restaurantes, hotéis, empresas de transportes e operadoras de turismo da região oeste do Paraná.

 

Contato para imprensa:

Camila Agner - (45) 99964-4457 | (45) 98801-2920

Adriano Oltramari – (41) 3330-5895 - www.pr.agenciasebrae.com.br

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Mirante
Banner Bertold Brecher
Banner brasil
Banner Notre Dame
Banner as cidades tem alma
banner vende apartamento II
Banner Reforma da Previdência
Banner Teia da operação
Banner guilherme almeida
Banner Mães Fortes