Banner Campanha maio de 2019

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
BRIGADEIRO SÉRGIO FEROLLA: NÃO PODEMOS PERMITIR QUE NOSSO PETRÓLEO SEJA EXPLORADO PREDATORIAMENTE EM BENEFÍCIO DE EMPRESAS ESTRANGEIRAS!
  Data/Hora: 6.jun.2019 - 9h 3 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar
EMANUEL CANCELLA - (Tribuna da Impresnsa)

 

No filme da campanha ‘Todo Petróleo Tem Que Ser Nosso – A Última Fronteira’ (1), disse o Brigadeiro Sérgio Ferolla: “Não podemos permitir que nosso petróleo seja explorado predatoriamente em beneficio de empresas estrangeiras”. Ferolla também é engenheiro, um dos criadores da Embraer, um dos fundadores do ITA e ex-ministro do STM (2,3):

 
O nacionalismo entre os militares, com a defesa das estatais e de nosso petróleo,  era uma coisa muito forte. Vários generais participaram da campanha do petróleo, entre eles o pai de FHC (Leônidas Cardoso) e o tio (Felicíssimo Cardoso).
 
Interessante é que FHC, em seu governo, na década de 90, traindo o pai e o tio, queria, mas não conseguiu, privatizar a Petrobrás. Para isso contava com apoio da Globo.
 
Na ocasião, para desmoralizar a Petrobrás, a Globo fez campanha maciça e sórdida contra a Empresa, comparando-a a um paquiderme e chamando os petroleiros de marajás.
 
Mas a grande resposta da Petrobrás e dos petroleiros veio em 2006, no governo Lula, com o desenvolvimento de tecnologia inédita no mundo, permitindo a descoberta do pré-sal.
 
O mundo aplaudiu a Petrobrás e por este feito a empresa ganhou da OTC, pela 3ª vez, o prêmio equivalente ao  “Oscar” da indústria do petróleo (4).
 
Mas a Globo não deu o braço a torcer e em dezembro de 2015 publica o editorial: “O Pré-sal pode ser Patrimônio Inútil “(5).
 
O apego dos militares com as estatais e a Petrobrás era tanta que um certo capitão do exército e deputado federal Jair Bolsonaro queria fuzilar FHC pela privatização da Vale  do Rio Doce e entrega do nosso petróleo.
 
Entretanto o capitão Bolsonaro virou presidente da República e hoje quer privatizar a BR distribuidora os Correios, metade das refinarias da Petrobrás e entregar a Cessão Onerosa, que possui mais de 15 bilhões de barris de petróleo (6 a 11).
 
Como diz o refrão da música do filme Todo Petróleo Tem Que Ser Nosso - A Última Fronteira (1):
 
Se o petróleo tá no fundo, bem no fundo, lá do mar, será que a gente joga para ganhar?
 
Fonte:
 
 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner o fascismo
banner idiota útil
Bassani
Banner fotógrafo premiado
Banner violência se limite
Banner Notre Dame
Rose Bueno Acessórios
Banner Mães Fortes
Banner Reforma da Previdência
Banner Graciliano Ramos