Banner Primeiro Conart

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Em Missal, pesquisadores da UNILA apresentam primeiros dados de pesquisa sobre câncer
  Data/Hora: 6.jun.2019 - 12h 15 - Categoria: Geral  
 
 
clique para ampliar

A água consumida pela população do município de Missal é de boa qualidade. Este foi um dos primeiros resultados da pesquisa “Estabelecimento do perfil de adoecimento oncológico da população de Missal”, desenvolvida pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). O dado foi apresentado em uma reunião entre os professores Luis Fernando Zarpelon e Maria Leandra Terencio e o prefeito de Missal, Hilário Jacó Willers, na última semana de maio. Outros resultados devem ser mostrados à população em uma audiência pública agendada, inicialmente, para outubro.


 

Da Assessoria - A pesquisa, inédita no Oeste do Paraná, teve início em 2018, apartir da assinatura de um convênio entre o município e a Universidade. A preocupação da administração municipal é o alto número de procedimentos ambulatoriais (consultas, exames, retornos etc) na área de oncologia, que representam 22,56% do total – na 9ª Regional de Saúde, esse índice é de 10,72%. A ideia é desenvolver políticas públicas mais eficazes de prevenção, diagnóstico e enfrentamento da doença a partir dos resultados obtidos. O grande número de procedimentos não significa, necessariamente, que há um maior adoecimento por câncer em Missal. Por isso, a pesquisa é fundamental para apontar o real cenário da doença no município.

 

Outros resultados devem ser apresentados à população em uma audiência pública agendada, inicialmente, para o mês de outubro

 

“Uma das coisas que me tranquilizou muito foi a questão da água, estava muito preocupado. É uma felicidade receber a informação de que a nossa água é de primeira qualidade. Isso me deixou muito tranquilo”, disse o prefeito. “O projeto está bem avançado, e nós queremos agradecer à população do município que está colaborando, recebendo os profissionais. E agradecer também à UNILA por essa parceria. Isso vai trazer muitos frutos para nossa população”, completou.

 

Coleta de dados

Zarpelon explicou que um dos diferenciais para o trabalho é que os pesquisadores estão trabalhando simultaneamente com recortes ambiental, epidemiológico, clínico, bioquímico e genético de toda a população.


 

O grupo de pesquisadores está elaborando um banco com os dados de todos os habitantes da cidade. Dos 10 mil moradores de Missal, 3.500 já responderam ao levantamento e fizeram a coleta de sangue para análises. Um mutirão está sendo planejado para concluir as entrevistas.

 

Dos 10 mil moradores de Missal, 3.500 já responderam ao levantamento e fizeram a coleta de sangue para análises.

A pesquisa em Missal, destacou Zarpelon, deve converter-se em um estudo de coorte (estudo observacional em que os indivíduos são classificados - ou selecionados - segundo o status de exposição, sendo seguidos para avaliar a incidência de doença), trazendo grandes contribuições à Medicina brasileira. “Estimamos receber muitos pesquisadores de fora para conhecer e acompanhar este estudo”, disse. “Estamos tendo a oportunidade de fazer um estudo que revelará a real incidência e prevalência do câncer na população de Missal.”

 

Nesta primeira etapa da pesquisa, que tem duração de dois anos, estão envolvidos 5 grupos de pesquisa, 12 professores dos cursos de Medicina, Saúde Coletiva, Química e Ciências Biológicas e, pelo menos, 25 estudantes de graduação e pós-graduação da UNILA. Maria Leandra lembrou que, da pesquisa principal, já nasceram cerca de 19 projetos que estão em desenvolvimento.

 

Na parceria, a Prefeitura de Missal está fornecendo insumos laboratoriais, bolsas de iniciação científica e cedendo servidores municipais para apoiar as atividades desenvolvidas.

 

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Mirante
Banner violência se limite
Banner Teia da operação
Banner conar
Banner Bertold Brecher
Banner Psicologia
Banner pedrão 2018
Otica PetriU
banner vende apartamento II
Banner guilherme almeida