Banner Primeiro Conart

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Dia dos Namorados. Dois momentos importantes na relação.
  Data/Hora: 10.jun.2019 - 15h 2 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

1.Amor, unificador de corações, almas e destinos!

 

De todos os sentimentos que envolvem o relacionamento de um casal, há um que norteia o comportamento, estreita a união e alarga os horizontes do entendimento e escreve o destino com letras de ouro; um sentimento único, puro como o lúmen das estrelas, que perdoa, conforta a dor, ilumina as trevas da desesperança e faz resplandecer a aurora de um novo dia: o amor!

 

O amor é o mais sublime dos sentimentos, aquele que une duas pessoas para, juntas, viverem a mesma vida até o final dos tempos. Sim, amantes, o amor é a aliança divinal que encadeia dois corações como se fosse uma só unidade!

 

“O amor é uma essência produzida nas indústrias do céu. De fragrância divinal, é uma química miscigenada por mãos de anjos nefelibatas, tendo como matéria-prima filamentos de sóis e estrelas...” (I.D)

 

O amor é isso, docilidade, meiguice, calor humano; é dar-se sem nada pretender em troca, senão o bem-viver; é condescender, ser amigo, cúmplice, amado, amante. É aceitar um ao outro com suas virtudes e defeitos, e, juntos, conjugarem o verbo viver em todos os tempos e formas.

 

O amor é uma música suave que o casal deve cantar a uma única voz. E, a um só movimento, dançar, ventres unidos, a dança mágica que conduz os corpos à explosão do prazer e à perpetuação da vida!

 

“Que belos são os teus amores, minha irmã, esposa minha! Quanto melhor é o teu amor do que o vinho! E o aroma dos teus unguentos do que o de todas as especiarias!” Cânticos 4:10

 

2.Ciúmes, desarme-se!

Cenas de ciúmes, veladas ou explícitas, são comportamentos que conturbam o relacionamento amoroso. Quantas brigas, que podam ser evitadas, são causadas pelos ciúmes, que se transformam em desamor e o desamor em separação?

 

Ciúmes é um estopim aceso para as discussões, ofensas, entreveros e xingamentos de parte a parte, que ao final implode a aliança e causa ruptura do casal.

 

Desconfianças, presunções, suspeitas de infidelidades de um ou de outro devem ser transformadas em diálogo, o diálogo em denominador comum de entendimento e o entendimento em solidificação do amor.

 

“Contenha-se antes de uma ação abrupta, levado pelo ímpeto do que “acha que viu ou ouviu” ou do que alguém “disse que alguém falou...”. Converse, entenda-se com o cônjuge, pois a lâmina dos ciúmes é aguda e perfura as mais sólidas relações.” (I.D)

 

Não há paz quando todos se armam para a briga. Há que conversar, tom de voz brando, ânimos desarmados e “passar a limpo” o que os afligem. São dos esclarecimentos e das explicações que brotam as compreensões, e das compreensões a paz, afinal quantas vezes a guerra dos ciúmes é por “achômetros” ou “desconfiômetros”...?

 

O casal não deve permitir que a densa névoa do ciúme desça e abata-se sobre o sol da relação. Essa névoa deve, cara-a-cara, ser dissipada, de pronto, ou, quem sabe, esparzida pelas brisas da paixão sobre a maciez de um leito...

 

“Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas”. Cânticos 8:6

 

Inácio Dantas

Do livro “Segredos para uma União Vencedora”

www.agbooks.com.br

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Teia da operação
Banner Bertold Brecher
Banner fotógrafo premiado
Banner o fascismo
Otica PetriU
Banner Teori
Banner Reforma da Previdência
Rose Bueno Acessórios
Banner Lei Lucas
Banner conar