Banner Campanha Itaipulândia agosto segunda

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Vereador usa a tribuna para falar sobre Segurança Publica, dá murro na mesa e diz com todas as letras que... (a cobra vai fumar)
  Data/Hora: 4.jul.2019 - 19h 30 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

O que vem por aí? Tudo indica que é possível que num curto espaço de tempo vamos ter mudanças substanciais no plano de voo político local de diversos pilotos – onde uns poderão abortar a decolagem e outros serem forçados a voltarem para o lugar de onde nunca deveriam ter saído – o ostracismo.

 

Como assim? Sim!  Nem precisa ser um cientista político para chegar a essa conclusão, que a primeira vista pode ser devastadora, mas que, num segundo momento, pode ser o plantio de novas sementes que poderão germinar crescer e se multiplicar sem os vícios de origem...

 

Como assim? Sim! “Nós vamos fazer a sede da Guarda ali... Eu só respeito o senhor Prefeito se ele me respeitar, se ele estiver de acordo tudo bem, se não todos vão para o pau...”, diz Wando, deixando claro que tem cartas na manga e que vai usar, custe o que custar...

 

Como assim? Sim! O Vereador Wando da Garagem, sempre foi situação e sabe praticamente de tudo o que vem acontecendo tanto no Legislativo como no Executivo e nesse pronunciamento na tribuna da Câmara, deixa claro que o Projeto Guarda Municipal é seu e quer ver os seus membros usando armas de grosso calibre, como pistola, fuzil e espingarda doze.

 

Como assim? Sim! “Chegou a hora tomarmos uma atitude – chegou a hora da gente atropelar quem estiver na frente do nosso caminho – chegou a hora da gente acabar com essa politicagem barata”..., disse o vereador esmurrando a tribuna, para logo em seguida fazer uma grave denúncia...

 

Como assim? Sim! Segundo ele, para colocar todo o acervo que existia na Biblioteca Pública no novo local (Biblioteca Cidadã) onde afirma que vai funcionar a Guarda Municipal, custe o que custar, se cometeu crimes que só aconteceram nos templos de Hitler...

 

Como assim? Sim! “Para mudar a Biblioteca de local e coloca-la ao lado, tiveram que eliminar 60% dos livros que foram queimados...”, não apresentando provas, mas dizendo que está investigando e que vai provar isso.

 

Como assim? Sim! Segundo o vereador, a sua intenção é montar uma Guarda Rural para patrulhar o interior do município, com armas de grosso calibre, como fuzil, espingarda doze e pistolas automáticas. “O pessoal me pergunta – como é que essa Guarda vai patrulhar o interior do município que nem estradas temos?”, diz ele, para logo em seguida afirmar que na próxima segunda-feira vai fazer uso da tribuna novamente para dizer o porquê às estradas do município estão nessa situação. “Aí as pessoas me dizem – mas você não tem medo de morrer?”, para em seguida responder: “Eu tenho medo é de ver morrer gente inocente...”

 

O Presidente Boaventura Manoel João Motta, por sua vez, com a voz embargada, visivelmente emocionado diante do fato acontecido em São Jorge, lembrou que “é preciso enfrentar essa situação de frente. Temos que falar com a Promotoria Pública, com a Secretaria de Segurança Publica e evitar que algo assim volte a acontecer no nosso município. Amanhã poderá ser com um de nós. Não podemos cruzar os braços...”, disse ele.

 

CENTRO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL MULTIDISCIPLINAR

Hoje à tarde, antes de fazer essa matéria, estive visitando o Centro de Atendimento Educacional Multidisciplinar, que hoje funciona onde antes funcionava Biblioteca Municipal. Um espaço dedicado à avaliação multidisciplinar de novos alunos com suspeita de deficiência, bem como para a realização de tratamento terapêutico, além de apoio aos familiares.

 

No momento desta visita, por volta das 17h00, só encontrei a zeladora no local – mas, segundo ela, ali são atendidas cerca de 100 crianças e, mesmo não sendo pedagoga – a funcionária Maria Cercena com 17 anos de serviço público prestado ao município, me deu uma aula de “compaixão humana”, ao me relatar o que ela tem presenciado ali diariamente...

 

Com salas para reuniões, pintura e arte, e locais específicos para avaliações multidisciplinares e intervenções terapêuticas, onde existem psicóloga (Bruna) e psicopedagoga (Luciene), entre outros – num local onde por muitos anos funcionou como Fórum da Nossa Comarca, acredito que está cumprindo com a sua função social. Diria até que, Centros como esse deveria ser criados nos Bairros e nos Distritos do município, pois essa é uma forma de, como nos diz a dona Maria que estava zelando pelo local: “..., um local onde podemos regar uma sementinha que está desabrochando para vida”, citando como exemplo, uma Menina de 12 anos, cuja Mãe procurou o Centro desesperada dizendo que a sua filha estava querendo se suicidar...

 

“A equipe esteve na sua casa e ao ouvir essa Menina, constataram que ela desde os primeiros anos que frequentava a Escola, tinha o sonho de ter uma mochila com rodinhas, andar bem vestida como as outras alunas da sua classe”, me relatou dona Maria, com a sapiência e a inteligência de quem tem calor humano, de quem vê no outro a extensão do seu próprio ser...

 

Estou curioso para ver o próximo pronunciamento do Vereador na próxima segunda-feira – mas, com respeito a Guarda Municipal, sugiro que repense sobre o local, até por que, a Guarda precisa de mais espaço sim, inclusive para o canil que também faz parte do projeto da Guarda...

 

Quanto as Câmeras de Monitoramento que foram gatos quase R$ 500.000,00 para instalar e hoje estão obsoletas e que, realmente poderiam ter ajudado na investigação desse caso que aconteceu na São Jorge, devemos fazer uma nova matéria em seguida...

 

CORREÇÃO: Assim que essa matéria circulou o Vereador Wando nos ligou informando que o local em que ele deseja ver a Guarda Municipal é onde está a Biblioteca atualmente, nos enviando inclusive foto do local e que consta no projeto - e não no local onde funciona o Centro acima descrito, motivo pelo qual estamos fazendo essa CORREÇÃO...

 

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Jorge amado
Banner brasil
Banner Graciliano Ramos
Bassani
Otica PetriU
Banner fotógrafo premiado
Banner guilherme almeida
Banner Mirante
Banner as cidades tem alma
Banner Bolsonaro