Banner Campanha Itaipulândia agosto segunda

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Dia 11 de agosto, dia dos Pais. Duas ações importantes na relação Pai & Filhos
  Data/Hora: 5.ago.2019 - 13h 26 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

1.Afetuosidade paterna

“Pai afetuoso, filho dócil. É, sempre, a constituição de um filho o espelho do seu pai.”

 

Quando há ternura e calor humano, o relacionamento pai-filho ganha mais doçura, se enlaça, se fortalece, ganha consistência.

 

As palavras ternas, carinhosas, o afago nos braços, o contato da pele, o beijo, a suave canção de ninar...

 

Pai, enterneça a voz e suavize as mãos para o acarinhamento e a condução dos passos do seu filho. Renove a cada dia a emoção de ter junto ao peito o corpinho daquele que é para você a mais importante razão de viver. Olhe-o com a retina do coração. Converse com ele, mesmo que não o ouça, pois o entende pelo idioma dos anjos. Dê-lhe afeto explícito, é fantástico o movimento das mãos de um pai acarinhando o filho.

 

E quando ele crescer? Ele o terá por seu grande amigo, pois você o é! Brinque com ele, ponha-o nos ombros, faça-o sentir-se um gigante e, do alto, contemplar o mundo com olhar altivo. Não se acanhe, não reprima os sentimentos, ele é um pedaço do seu corpo fora de si. Saiba que o contato afetuoso com o filho faz brilhar a luz da alma, pois é abençoado por Deus.

 

“Filho é filho, não importa tamanho ou idade. Pode ser adulto, mas para o pai será sempre uma criança. E o afeto continua o mesmo, e não deve mudar, ser negado nem economizado: quanto mais o divide, mais ele se multiplica no coração. Dê afeto ao seu filho, sem limite, sem receito dele não aceitar, aliás o que ele não aceitará é você negar. O afeto une e transmite a emoção em dois corpos, simultânea e sincronicamente!”

 

Sorria, abra os braços, escancare o coração: abrace seu filho, beije-o, faça um pacto de amor e amizade eterna. Viva essa experiência e energize-se nesse inesgotável manancial de afetuosidade!

 

 

2.Caráter

 “Caráter, insígnia dourada que ilumina aqueles providos de bom feitio moral e que fazem de seus atos e comportamentos balaústre da honra e da cidadania.”

Se cuidarmos de uma planta, desde a semente, e depois ao brotar, regá-la, livrá-la das ervas daninhas, podá-la cuidadosamente nos momentos certos, com o tempo teremos uma árvore frondosa, com flores e frutos viçosos que será elogiada e admirada por todos. E assim também, como essa vistosa árvore no porvir, pode ser a árvore da formação do caráter do homem.

 

Quem neste mundo globalizado não tiver caráter será um eterno liderado, pois não terá ética nem moral para delegar tarefas e liderar pessoas.

 

Como aquela semente de cuidados extremos, constante vigília e atenção, assim é com o filho para que ele cresça e atinja a maioridade priorizando a construção de um caráter irretocável.

 

“O caráter humano é também construído como a pintura de uma tela de um Van Gogh: pinceladas firmes, certeiras, tintas em profusão de cores formando um desenho sólido... Dia a dia o artista vai trabalhando na sua obra, e, dia a dia o pai vai trabalhando no caráter do filho. Ao final, o pintor tem sua obra-prima, e o pai um filho com caráter irretocável!”

 

É inquestionável que, se desde pequena a criança for bem orientada e bem nutrida com lições de decência, irá crescer desenvolvendo um caráter polido, embasado nos princípios dos bons costumes, de estirpe honrada e impoluta.

 

E, por fim, quando adulta, abraçada pela sociedade, irá aperfeiçoar-se, limando as pequenas arestas do distintivo do seu caráter, deixando as fibras polidas e reluzentes!

 

Inácio Dantas

Do livro “Ensinamentos de Pai para Filho”

www.agbooks.com.br

 
     
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Notre Dame
banner idiota útil
Banner a dieta perfeita
Banner Mães Fortes
Banner guilherme almeida
Banner Jorge amado
Rose Bueno Acessórios
Banner Psicologia
Banner conar
Banner Teia da operação