Vende-se apartamento no centro

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Dia 22 de dezembro, início do verão 2019. É momento de agradecimento a Deus por tão maravilhosa dádiva na natureza!
  Data/Hora: 18.dez.2019 - 11h 21 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

Louvor às obras de Deus: o Verão!

“Senhor,

transbordo-me de contentamento, é chegada a estação do verão: Seja bem-vindo sol, astro-rei no seu veleiro de flâmula vermelho-encarnado a flanar n´oceano azul-retinto do céu!

 

Louvo Sua obra, Deus Onipotente, que da fortaleza estelar nos envia o prêmio sublime da humanidade: o Verão. Achegue-se, sol, descerre seu clarão de mil megatons no rasgão da abóboda suspensa, remodele a esfera com raios de ouro e abra seu manto de espesso calor no firmamento, na terra, águas e ar.

 

O mundo aplaude o descortinar do véu das estações e o surgir, de cetro e coroa, o ator principal. Canto e danço feliz, e com a voz do agradecimento meu ao Senhor agradeço por todos que cantam e dançam felizes e não Lhe agradecem!

 

Sol, faça estilhaçarem-se seus raios em miríades de fitilhos doirados numa chuva incandescente de luz. Ah! Quão belíssima é a estação do verão! Meus maiores louvores são pequenos ante a dimensão grandiosa da alegria, do gozo, da diversão, das sensações agradáveis que se fazem nascer em nós.

 

Senhor, o mundo olha-se de frente na estação veranil. Em cada boca diferente um riso alegre e igual, posto que todo riso de alegria exala o mesmo som; e em cada coração que ama e une-se a outro, um pulsar de festa, posto que a toda união de amor o coração pulsa festivo.

 

Bem-vindo verão! Esparrame-se, derrame-se em fulgor e calidez, a terra agradece!

 

Sol, há cravado na sua face afogueada um olhar áureo, qual o reflexo de pepita d´ouro brunida, há um sorriso escancarado nos seus lábios sem corte, e sua cabeleira esvoaçante, qual lavas vivas dum braseiro em fornalha, moldada numa circunferência perfeita pelo dedo de Deus.

 

Fique conosco, verão, porque tê-lo presente entre nós é ter ainda mais o regozijo da presença de Deus em nossas mentes, corações, lares e sentirmos que Ele nos abençoa com a Sua obra, cujo significado é a continuidade da vida terrena.

 

Amém”

´"Enquanto durar a terra, plantio e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite jamais cessarão".´(Gênesis 8:22)

 

Inácio Dantas

Do livro “Preces e Louvores a Deus” – www.agbooks.com.br

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner laranja
Banner Mirante
Banner emprego
Bassani
Banner conar
Banner violência se limite
Banner Einstein
Otica PetriU
banner vende apartamento II
Banner pedrão 2018