Vende-se apartamento no centro

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Natal, celebração Cristã, momento de pedir a Deus paz mundial!
  Data/Hora: 23.dez.2019 - 22h 17 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

Prece pedindo paz – à si próprio, à humanidade.

 

“Senhor,

estrelas, sóis e planetas, que, gravitando presos ao nada se movem harmonicamente e não se chocam entre si, têm seus alicerces fixados nos fios invisíveis que sustêm o firmamento e tudo que nele existe, e estão ao comando da força das Suas mãos e o destino nos seus Santos desígnios.

 

Senhor, nada existe por acaso. Tudo nasce, cria-se e perece por Sua divina intervenção!

 

Bem sei, ó Senhor, que pode o sopro dos Seus lábios acalmar furacões, silenciar tsunamis no mar, domar a fúria dos terremotos. Então, peço-Lhe, nesta oração, que acalme o vigor das mãos violentas, o abrasamento dos nervos loucos e refreie o ímpeto dos pensamentos maléficos.

 

Tudo que existe é fruto da Sua divina Obra. Deve-se, portanto, ser usufruído num paraíso de paz!

 

Senhor, o que é do homem irascível, equilibrado no pêndulo inconstante da razão, entre o néctar da lucidez e o absinto da loucura? Livre-me dessas pessoas e de ambientes belicosos. Quando bebe-se a água das desavenças transpira-se o suor da agressividade. E, sem dúvidas, quando há desarmonia nas relações há dessincronia nos trabalhos.

 

Peço-Lhe, ainda, que apascente os espíritos turbados, os corações vingativos, que trocam a calma do diálogo pelo embate físico. Arrefeça o ímpeto dos meus adversários para que seus discursos comigo sejam acadêmicos, o confrontamento seja de ideias, os debates sejam de ´ponto de vista´ e jamais medidos pelos tônus dos músculos ou pelo poder das armas. Em verdade, somente num ambiente de paz prospera-se no individual e evolui-se no coletivo.

 

Senhor, derrame um mar de paz sobre mim, sobre os meus familiares e amigos e sobre todos aqueles que comungam o ideal de uma vida bem-aventurada, longe dos confrontamentos, entre a estreiteza da ira e a largueza do amor.

 

Amém”.

“Paz seja com os irmãos, e amor com fé da parte de Deus-Pai e do Senhor Jesus Cristo.” (Efésios 6:23)

 

Inácio Dantas

Do livro “Preces e Louvores a Deus” – www.agbooks.com.br

 

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner conar
banner vende apartamento II
Banner Mirante
Otica PetriU
Banner emprego
Banner laranja
Banner pedrão 2018
Banner Einstein
Banner Notre Dame
Calendário eleitoral