Banner Primeiro Conart

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
O "TALIBÃ" DO BRASIL.
  Data/Hora: 13.jan.2020 - 4h 33 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar

Clodoaldo Ghellere, via redes sociais...

 

Como a maioria dos historiadores e antropólogos, sou fascinado e intrigado pela religião. Me refiro às religiões de todo o mundo, algumas familiares e outras bem desconhecidas, ciente de que as mesmas fazem parte da diversidade cultural.

 

Porém assisto com preocupação o crescimento do movimento evangélico no Brasil. Hoje, um dos grandes perigos para a sociedade brasileira e para o Estado Laico, por seu potencial fundamentalista. Alguns líderes evangélicos são porta vozes da pior espécie de fanatismo religioso possível. A única diferença entre esse grupo e o fundamentalismo islâmico está nos referenciais religiosos nos quais se apoiam.

 

Os evangélicos têm um projeto de tomada de poder na sociedade brasileira e também um projeto político muito perigoso para o Brasil.

 

Seu projeto é acabar com as manifestações religiosas com as quais não compartilham, sejam elas católico-romanas, espíritas, do candomblé, umbanda ou de qualquer religião que não a deles. Intervir na orientação sexual e dominar o ensino religioso nas escolas públicas.

 

Matarão se for preciso, invocando textos bíblicos, o "Deus Guerreiro" do Antigo Testamento e seus exércitos sanguinários. Destruirão qualquer monumento de outra religião. Se tiverem pleno poder proibirão o carnaval, festas juninas, romarias marianas, terreiros de candomblé e exigirão conversão forçada ao seu modelo de vida e à sua religião. O fundamentalismo que os inflama proibirá shows populares, biquinis nas praias e utilizarão de qualquer arma para fazer valer seus ideais religiosos. Viveremos um "Talibã Evangélico", com homens com o mesmo olhar raivoso do Malafaia, e desafetos sendo conduzidos à campos de concentração para que sejam "curados".

 

Se permitirmos que seu projeto vá adiante, preparem as burcas. Nosso futuro será sombrio.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Otica PetriU
Banner Einstein
Banner Lei Lucas
Calendário eleitoral
Banner Graciliano Ramos
Banner o fascismo
banner vende apartamento II
Banner conar
campanha contra a dengue
Banner Teori