banner coronavírus março

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Com habilitação do Lacen, UNILA e Laboratório Municipal têm capacidade para fazer 200 exames de Covid-19 por dia
  Data/Hora: 30.abr.2020 - 16h 33 - Categoria: Geral  
 
 
clique para ampliar
Desde quarta-feira (29) o Laboratório do Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HMPGL) está habilitado pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen) a fazer os exames para detectar a Covid-19.
 
Da Assessoria - Com a habilitação, o Laboratório passa a ter capacidade para testar 200 pacientes por dia, com exames do tipo RT-qPCR (sigla em inglês para Reação em Cadeia da Polimerase com Transcrição Reversa), que utiliza técnicas de biologia molecular para fazer uma busca minuciosa pelo material genético do Sars-Cov-2 nas amostras de secreção nasal e oral. Como o HMPGL é o hospital de referência na região, ele poderá fazer exames para todos os municípios da 9ª Regional de Saúde.


A realização dos exames só foi possível por meio de uma parceria entre a Prefeitura e a UNILA. A Universidade transferiu os equipamentos do Laboratório de Pesquisa em Ciências Médicas para o Hospital. Já a Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Saúde, fez a compra dos insumos necessários para os testes. “Em um momento em que a ciência e as universidades públicas brasileiras passam por algumas dificuldades, a parceria entre a UNILA e o Hospital Municipal no enfrentamento da pandemia de Coronavirus é de extrema importância para, mais uma vez, reafirmar para a sociedade o quanto é necessário investirmos em ciência e tecnologia”, salientou o gerente e responsável técnico do Laboratório Municipal, Rafael dos Santos da Silva.


Silva lembrou que os professores da UNILA também ajudaram a Prefeitura a ter acesso a fornecedores de insumos e reagentes para os exames. Já a equipe do HMPGL ficou responsável por toda a logística e adequação do laboratório para a realização dos testes, seguindo a legislação vigente. “Com isso, conseguimos disponibilizar para a população de Foz do Iguaçu um teste padrão ouro, com reagentes que todos os laboratórios de diagnóstico e de pesquisa buscam para o enfrentamento da pandemia”, avalia o gerente, que também é aluno do Mestrado em Biociências da UNILA.


Após receber a notícia da habilitação, o prefeito Chico Brasileiro reafirmou a importância da parceria entre o poder público municipal e a Universidade. “Essa é mais uma conquista desta parceria. Nessa união, teremos capacidade de avaliar nossos pacientes com resultados rápidos que possibilitem o melhor monitoramento da doença”, disse. Chico Brasileiro lembrou que Foz do Iguaçu é uma das únicas cidades do interior do Paraná que conta com dois laboratórios habilitados para fazer os exames. Além do Laboratório Municipal, o Laboratório do Hospital Ministro Costa Cavalcanti também está habilitado para fazer os testes.


Para o reitor da UNILA, Gleisson Brito, a habilitação “é a consolidação do compromisso, como Universidade Federal, de auxiliar o município no enfrentamento à Covid-19. E, mais uma vez, entendemos que isso só reforça a importância da atuação interinstitucional, em que diferentes atores somam forças, e quem ganha é a sociedade”.
 
 
Foto - A professora do curso de Medicina da UNILA Maria Leandra Terencio, responsável pela implantação dos testes
 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Rose Bueno Acessórios
Banner violência se limite
Banner emprego
Banner pedrão 2018
Banner Mirante
Banner Einstein
Bassani