Vende-se apartamento no centro

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Dia 12 de junho, dia dos namorados.
  Data/Hora: 8.jun.2020 - 11h 53 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

Amor, poder que une corações para sempre!

 

O amor é o unificador de corações, almas e destinos!

 

De todos os sentimentos que envolvem o relacionamento de um casal, há um que norteia o comportamento, estreita a união e alarga os horizontes do entendimento e escreve o destino com letras de ouro; um sentimento único, puro como o lúmen das estrelas, que perdoa, conforta a dor, ilumina as trevas da desesperança e faz resplandecer a aurora de um novo dia: o amor!

 

O amor é o mais sublime dos sentimentos, aquele que une duas pessoas para, juntas, viverem a mesma vida até o final dos tempos. Sim, amantes, o amor é a aliança divinal que encadeia dois corações como se fosse uma só unidade!

 

“O amor é uma essência produzida nas indústrias do céu. De fragrância divinal, é uma química miscigenada por mãos de anjos nefelibatas, tendo como matéria-prima filamentos de sóis e estrelas...” (I.D)

O amor é isso, docilidade, meiguice, calor humano; é dar-se sem nada pretender em troca, senão o bem-viver; é condescender, ser amigo, cúmplice, amado, amante. É aceitar um ao outro com suas virtudes e defeitos, e, juntos, conjugarem o verbo viver em todos os tempos e formas.

 

O amor é uma música suave que o casal deve cantar a uma única voz. E, a um só movimento, dançar, ventres unidos, a dança mágica que conduz os corpos à explosão do prazer e à perpetuação da vida!

 

“Que belos são os teus amores, minha irmã, esposa minha! Quanto melhor é o teu amor do que o vinho! E o aroma dos teus unguentos do que o de todas as especiarias!” Cânticos 4:10

 

Inácio Dantas

 

Do livro “Segredos para uma união vencedora” – www.agbook.com.br

 

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Notre Dame
banner itaipulândia julho II
Banner Mirante
Banner laranja
Banner violência se limite
Banner Lei Lucas
Banner conar
Rose Bueno Acessórios
banner vende apartamento II
Banner Einstein