Vende-se apartamento no centro

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Ano novo chegando, 2021 está aí... “Remotive-se” para enfrentar novos e grandes desafios.
  Data/Hora: 15.dez.2020 - 13h 45 - Colunista: Inácio Dantas  
 
 
clique para ampliar

Por Inácio Dantas, 

 

Ano novo chegando, 2021 está aí... “Remotive-se” para enfrentar novos e grandes desafios.

 

i.Define-se motivação comoespécie de energia psicológica ou tensão que põe em movimento o organismo humano, determinando um dado comportamento” (Michaelis)

 

O primeiro lance para motivar-se para a vitória é estar motivado consigo mesmo. E o quê e quem o motiva? E onde, seja dentro da empresa, na escola, na rua...? Que inputs[1] você recebe para motivar-se? O grito da torcida no campo de futebol é um input fenomenal para os jogadores. A possibilidade de medalhar numa competição é um input para o atleta...

 

i.i.De bem com a vida. Quando estamos em altoastral, de bem com a vida, irradiamos boas emanações que contagiam todos à volta. A expressão no semblante, os movimentos físicos, as palavras que dizemos, tudo vem carregado de simbolismos positivos cuja tradução é detectada e assimilada pelos opostos. Com isso, há uma imediata empatia entre nós e eles que repercutem no senso de humor, no estado de espírito e até no estreitamento de ideias e objetivos.

 

Seja em casa, no trabalho ou em local público, as pessoas reagem ao ver-nos em função de uma reação cognitiva, ou seja, se estamos agressivos irradiamos agressividade, se estamos tristes irradiamos tristeza, se estamos alegres irradiamos alegria. Por isso, é fundamental você estar tranquilo, alegre, senso de humor receptivo, motivação a mil.

 

i.ii.Relacionamento. Relacione-se com astral positivo - cara, sorriso, voz –, mostrando viver a vida com matizes multicoloridos e jamais em preto-e-branco. E mais. Mantenha o pensamento elevado, com objetivos reais, pois são inputs motivadores para a realização das mais complexas obras. O que pensa e o que produz um profissional que se dirige ao seu trabalho sem motivação, de ”faróis baixos”, querendo logo que o dia acabe pois sua disposição é nula? Com certeza seu cansaço será rápido e sua produtividade abaixo do padrão.

 

ii.Motivação, força íntima rumo às realizações.

Não é unicamente o salário percebido pelo profissional um input indutor da motivação. Ele é um componente. Faz-se necessário, paralelamente, algo que motive seu “ego”, que bula com o seu “eu” interior, como a autorrealização, a satisfação pessoal, o contentamento, a alegria, o prestígio no grupo, a percepção que seu trabalho está agregando valores, qualidades e propiciando melhorias às pessoas e que há um reconhecimento notório do que faz. Esse conjunto de coisas faz o ser humano elevar sua autoestima e ele procurar superar-se e produzir, cada vez mais, com melhor exímia e maior quantidade.

 

iii.Energize suas motivações.

Qual o tempo de duração e o tamanho da motivação? Ela pode ser breve qual a fagulha ou ter duração imensurável; pode ser do tamanho de cada um ou maior que seus projetos. Seja como for, enquanto você sentir a energia pujante da motivação dentro de si, busque o melhor, o ótimo, o perfeito.

 

Recuse trabalhos “quebra-galho”, “mais ou menos”, “para inglês ver”, nem se satisfaça meramente com a praticidade das coisas, tipo “garibada”, o “de qualquer jeito tá bom...” ou ainda recorrer ao expediente de “fazer um puxadinho” meramente para reduzir gastos e abreviar tempo.

 

Vá na contramão dessas alternativas. Produza com o melhor que souber e puder, pois no que produzir estará suas digitais. Tenha sua motivação “acesa”, pense e aja assim: “para os outros que seja como eles querem; para mim, não, que seja como eu quero: o melhor!”.

 

Inácio Dantas

Do livro “Lições para o Autoaperfeiçoamento Profissional” – www.agbook.com.br

 

[1] Input=Entrada. Aqui refiro-me à “entrada” de subsídios motivacionais, coisas que vão “mexer” com a mente de uma pessoa e esta vai impelir-se, por si mesma, buscando alcançar um prêmio (material, sentimental etc), um reconhecimento etc.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Bassani
Banner Mirante
Banner Einstein
Banner violência se limite
banner vende apartamento II
Rose Bueno Acessórios
Banner pedrão 2018
Banner emprego