santa Itaipulândia

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
PREOCUPADO: Quais as perspectivas de Desenvolvimento Econômico e Social para a nossa cidade com relação ao trabalho do Executivo e do Legislativo atual?
  Data/Hora: 21.jan.2021 - 10h 5 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

Sei que no final dessa matéria, é possível que tenha aqueles comentários típicos de quem quer fazer média e buscar uma maior aproximação com o poder público municipal dizendo: – “deixa os homens trabalhar...”. OU, aqueles ainda mais sem noção – “só pode falar alguma coisa quem votou neles...” e por aí vai.  

 

Mas confesso que ao assistir hoje o final da 2ª sessão extraordinária e ver o Presidente Raulique Farias, o popular Quéti, dizer: “...com poucas ou muitas matérias, devo dizer que estou muito feliz com o comprometimento de todos”. Até aí tudo bem.

 

Mas ao verificar a pauta, dessa sessão e da primeira, confesso que fiquei preocupado, tendo em vista que essa sessão se tratava do Projeto de Lei 03/202, em 2ª votação, autoriza recomposição das perdas salariais aos Servidores Públicos...

 

Não sou nenhum especialista no assunto – mas, nem precisa ser para saber que hoje, quem vive com um padrão de vida confortável e estabilizado é sem dúvidas os funcionários públicos – e na outra ponta, temos uma fila enorme de pessoas que estão vendendo o almoço para poder comprar a janta.

 

Eles não merecem essa reposição salarial? Merecem sim. O que acredito é que existem uma série de fatos muito mais urgentes que devem ser exaustivamente debatidos com urgência. O objetivo dessa matéria é justamente isso - chamar a atenção com relação a geração de Emprego e Renda – com o crescimento e o desenvolvimento do nosso município que está a anos luzes em atraso com relação aos municípios da região.

 

Fiquei extremamente feliz com a reunião realizada recentemente com o sócio proprietário da Friela, Daniel Valiati, onde uma parceria com o município, possibilitou a liberação da documentação que dispõe por parte do município, em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a disponibilização de dois vereterinários para a fiscalização abate de suinos na Unidade de São Miguel, o que possibilitou a contratação imediata de mais 100 novos empregos para o nosso município. Uma excelente largada para o início de uma Administração. 

 

Mas, podemos mais, muito mais. E quando a economia da cidade vai bem, todos ganham. O que não podemos admitir é que em pleno século XXI, ainda termos numa região privilegiada como a nossa Favelas, Barracos e vermos Famílias preocupadas com o pão nosso de cada dia.

 

Em recente artigo, que publicamos aqui no nosso site, o Empresário Blairo Maggi, relata a sua mais recente viagem feita aos Estados Unidos, no vale do Silício, uma das regiões mais desenvolvidas do mundo – onde nos mostra que a nossa preocupação com mão de obra especializada deve estar na pauta do dia a dia permanentemente.

 

“O que vi aqui durante esses dias foi um pouco preocupante principalmente, para as pessoas mais jovens. Quase todas as profissões que existem hoje, serão substituídas por máquinas no futuro próximo. Não é coisa de ficção, vi isso ao Vivo e a cores. A nova geração, que aqui chamam de Milenius, ou seja, pessoas que nasceram depois do ano 2.000, estão transformando o mundo com um novo jeito de pensar e com novos costumes”.

 

Por que lembro isso? A mais de dois anos, grande parte do Barracão onde hoje está instalado a Klindgs – mais de 50% - está ocioso. Na última visita que lá estive, apenas cerca de 40% dos espaços estava sendo utilizado e aquilo teve um custo na época de mais de R$ 12.000.000,00 para os cofres públicos.

 

Com várias frentes de diálogos envolvendo todos os setores, poderíamos estar gerando ali vários polos educacionais envolvendo tecnologia de grande ponta – com parcerias com o PTI – Unila e a própria Itaipu Binacional que vem fazendo um trabalho maravilhoso na região.

 

Essa tem que ser a nossa preocupação e isso só acontece, quando temos pessoas certas, nos lugares certos imbuídas dos melhores propósitos em termos de Geração de Emprego e Renda.

 

Me desculpem, estamos anos luzes atrasados e todo o tempo tem que ser dedicado ao trabalho diário em favor do nosso Crescimento. Urgentemente o Executivo e o Legislativo deve se unir e convocar o Presidente da Lar, Dr. Irineo da Costa Rodrigues e dialogar sobre a elaboração de um planejamento de Geração de Emprego e Renda para o nosso município.

 

Hoje a Lar está gerando mais de 20 mil empregos nas Indústrias que tem nos municípios na região. E São Miguel do Iguaçu, como é que fica? Veja que essa empresa fica com mais de 50% da nossa produção. É certo que fica renda com aviários e cia..., mas o forte mesmo em termos de crescimento e desenvolvimento é vermos o nosso produto sendo industrializado e comercializado por aqui...

 

Outro fator importantíssimo – Vamos ou não vamos ter uma AUDITORIA? Existem escândalos e mais escândalos que precisam serem apurados sim. Não dá para passar a mão. Vejam vocês que boa parte já foi denunciado e apurado pela Polícia Federal..., mas e os demais agentes públicos?

 

Quem era o responsável pela controladoria? Não sabia de nada? Quem era o responsável pela Contabilidade? Não sabia de Nada? Quem era o responsável pela Secretaria da Fazenda? Não sabia de nada? Vão continuar impunes e dando péssimos exemplos para os demais?

 

Voltamos em breve nesse assunto....

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Rose Bueno Acessórios
Banner Mirante
Bassani
banner vende apartamento II
Banner violência se limite
Banner emprego
Banner Einstein
Banner laranja
Banner conar
Banner pedrão 2018