banner coronavírus março

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
POESIA: Da série os Milagres da Criação – Jesus e Maomé, Amor e Compaixão...
  Data/Hora: 23.set.2021 - 5h 2 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

Foto ilustrativa – Divulgação / Internet

 

 

Justiça, respeito

E compaixão por todos os

Seres vivos. Ambos falamos de

Um Deus de Amor,

Segundo a forma

 

 

E a visão do nosso

 

Mais elevado conhecimento,

Alcançamos e recebemos

O influxo de inspiração, em nossas

Mentes em Vida.

É o Amor Divino em Ação.

 

 

Que linda revelação, Mestre! Estais nos dizendo que ambos têm origem em uma Mente Única. Ou melhor, um único espírito que viveram em épocas diferentes? É isso?

 

- “Sim! Somos um único espírito. Dividir-nos numa “pessoa” com nomes diferentes – Jesus e Maomé, ou Maomé e Jesus, - é o mesmo que dar sobrenomes diferentes a gêmeos idênticos, porque um deles ensina literatura e o outro, matemática. Ambos pertencemos a Consciência Crística, ambos somos individualizações da Consciência Divina”.

 

- “Quando estivemos na Terra, ambos falamos de um Deus de Amor e de Compaixão, segundo a forma pela qual nossa condição humana nos permitia perceber nosso conhecimento inspirado de Deus”.

 

- “Você deve ter em mente que ambos éramos seres humanos profundamente condicionados por nossas crenças tradicionais herdadas através dos séculos. Portanto, nossa inspiração nos veio através de mentes já portadoras de outras ideias”.

 

- “Como já disse, a inspiração, a menos que seja dirigida para uma mente limpa e desprogramada, sempre assumirá a característica das convicções adquiridas no condicionamento da primeira infância”.

 

- “Ao cessar o influxo de inspiração, a mente racional assume o controle e começa a explicar o novo conhecimento e a nova visão segundo as referências do que já é aceito pela mente humana”.

 

- “Mas como já contei antes, fui um rebelde quase desde o início de minha vida e não podia aceitar as crenças Judaicas. Eu era uma vasilha limpa, ávida, receptiva, de mente aberta, na qual se poderia derramar a VERDADE da Existência no deserto, me permitindo ver claramente a Consciência Universal”.

 

Maravilhoso isso, Mestre! Estais nos dizendo que no fundo, no fundo, todo o Seu Conhecimento tem o propósito de levar essa inspirada mudança nos nossos corações, que nos levará a reconhecer nossa essencial irmandade em espírito e a manter relações pacíficas, onde todos possam extrair Luz da mesma Fonte do Ser? É isso?

 

“Sim! Continuamos no próximo texto...”.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Rose Bueno Acessórios
Banner emprego
Banner Einstein
Banner pedrão 2018
Banner violência se limite
Bassani
Banner Mirante