banner itaipulândia junho

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Documentos mostram que Sebastião Melo foi alertado sobre os riscos de inundações em Porto Alegre
  Data/Hora: 21.mai.2024 - 11h 48 - Categoria: Geral  
 
 
clique para ampliar

Engenheiros do Departamento Municipal de Água e Esgotos pediram reparos "urgentes" no sistema anti-enchentes da capital gaúcha, mas não foram atendidos

 

Fonte: 247 - Sebastião Melo (Foto: Giulian Serafim/PMPA) - O deputado estadual do Rio Grande do Sul Matheus Gomes (Psol) publicou no X, antigo Twitter, nesta segunda-feira (20) documentos redigidos por engenheiros do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) de Porto Alegre que "mostram como a prefeitura de Sebastião Melo foi alertada sobre os riscos de inundações no Centro, Menino Deus, Cidade Baixa e Sarandi. Agora temos as evidências do que já era especulado: a negligência causou a tragédia!".

 

Os documentos mostram que após fortes chuvas em novembro de 2023, os engenheiros constataram a necessidade de reparos "urgentes" nas casas de bomba, que compõem o sistema anti-enchentes da capital gaúcha. Segundo o pedido, os consertos eram cruciais para evitar “o alagamento da área central de Porto Alegre, entre a Usina do Gasômetro e a Rodoviária”.

 

"Tragicamente, toda a descrição dos engenheiros do Dmae aconteceu, e da pior maneira. Se comprovou o que os estudiosos da hidrologia dizem: a pior inundação é a que está por vir, por isso, a prevenção é o melhor caminho. Mas o mais estarrecedor é o que vem agora. Esse processo tramitava desde 2018 e sempre parava na incompetência dos gestores do Dmae. Os engenheiros fizeram o seu papel, mas quem autoriza as ações negligenciou. Prova disso é que, em 23 de abril de 2024, ainda não havia sequer um cronograma para fazer os reparos. A verdade é que, ao contrário do que o Melo diz, o teste do sistema de proteção contra cheias foi em 2023. Entre setembro e novembro, os especialistas viram os problemas e apresentaram soluções para diminuir os impactos das cheias. Mas, Maurício Loss (Dmae) e Melo não agiram! O prefeito Sebastião Melo adora aparecer como síndico, zelador, cuidador dos problemas da capital, mas mostrou que isso é só discurso. Diante do 'Super El Niño' e da inegável mudança no padrão de chuvas na última década, o seu negacionismo climático se sobressaiu. Essas informações são só o começo. Os processos possuem mais de 100 páginas, inúmeras perguntas não respondidas, detalhes absurdos da inoperância de Sebastião Melo e nós iremos mostrar ponto a ponto para vocês", publicou o parlamentar, que também rebateu as alegações de que não seria a hora de 'procurar culpados' pelas enchentes. "Milhares de pessoas ainda estão nos abrigos, com suas casas debaixo d'água. Seguimos diariamente nas ações de solidariedade e construindo alternativas para sairmos dessa crise. Sim, é hora de responsabilizar os culpados e o trabalho parlamentar exige fiscalização séria! Toda a documentação será entregue ao Ministério Público, também iremos estimular ações investigativas noutros órgãos de controle, além do parlamento. Sem a responsabilização de quem foi negligente, como Sebastião Melo, não teremos reconstrução de Porto Alegre e do RS!".

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Rose Bueno Acessórios
Banner violência se limite
Banner emprego
Bassani
Banner Einstein
Banner Mirante
Banner Exposição
Banner pedrão 2018