Banner dengue 2021

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
APÓS VISITA À ITAIPU: Acadêmicos da Unesp se orientam no CAB para elaborar projeto
  Data/Hora: 30.ago.2012 - 6h 49 - Categoria: Lindeiros  
 
 
clique para ampliar

Os professores doutores que acompanharam a turma reafirmaram a importância do aprendizado e da multiplicação dessa experiência positiva em outras regiões do Brasil

 

Ciliany Perdoná

AI Conselho dos Lindeiros

 

“Muito mais do que conhecer o Programa Cultivando Água Boa (CAB) e discutir a influência de grandes empreendimentos de geração de energia na gestão de bacias hidrográficas, os acadêmicos do curso de extensão na área de Difusão Tecnológica e Recursos Hídricos, mestrandos em Biogeografia (curso exclusivo no Brasil) e doutorandos em Geografia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), além de duas pesquisadoras da Colômbia e do Equador, terão que reunir como resultado da visita técnica, subsídios para a elaboração de um projeto aplicado em planejamento e gestão, com potencial de implantação em outras bacias hidrográficas do Brasil”.

 

Troca de experiências entre Itaipu, Unesp e Comitê da Bacia do Pontal de Paranapanema: aprender e multiplicar

 

A informação foi repassada pelo professor doutor do curso de Geografia e Gerenciamento de Recursos Hídricos da Unesp, campus de Presidente Prudente, Antônio César Leal, que juntamente com o professor doutor e diretor do Centro Tecnológico de Hidráulica e Recursos Hídricos (CTH) inserido no Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo (DAEE/SP), Paulo Augusto Romera e Silva, coordenaram a caravana. Além dos acadêmicos, o grupo contou com a participação de membros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Pontal do Paranapanema, da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental, ligada à Secretaria do Meio Ambiente do governo paulista (Cetesb).     

De acordo com Leal, que pela terceira vez realizou visita técnica na binacional, “a cada retorno, um aprendizado diferente”. “O Cultivando Água Boa é um exemplo extraordinário de que se houver iniciativa, as coisas acontecem. Por isso, esse estreitamento entre a Itaipu e a Unesp, para que possamos ser parceiros e contribuirmos na multiplicação dessa experiência positiva”.

 

O diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu, Nelton Friedrich, destacou a importância do “olhar de fora” para o incremento das ações. “A satisfação é muito grande quando vemos que o programa - criado em 2003 - tornou-se um grande movimento, integrando uma região. Mais do que isso, que esse laboratório a céu aberto está sendo referência para grandes iniciativas”, pontuou.

Além das visitas à usina, Refúgio Biológico Bela Vista e Canal da Piracema, o grupo percorreu a região da Bacia do Paraná 3 (BP3), para conhecer de perto a aplicabilidade das ações do CAB. 

 

Troca de experiências

Ao término do encontro, o diretor de Coordenação recebeu do secretário-executivo-adjunto do Comitê da Bacia Hidrográfica do Pontal do Paranapanema, Murilo Cavalheiro, inúmeros materiais impressos que são utilizados como recurso nas atividades desenvolvidas nos 21 municípios que compõem a região.

 

Visitantes da Unesp, Sabesp, Cetesb e do Comitê da Bacia do Pontal de Paranapanema atentos às informações sobre o Cultivando Água Boa

 

 

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Einstein
Banner emprego
Rose Bueno Acessórios
Banner Mirante
Bassani
Banner pedrão 2018
Banner violência se limite