Banner novembro azul

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
QUARESMA E CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2013
  Data/Hora: 13.fev.2013 - 15h 13 - Categoria: Geral  
 
 
clique para ampliar

QUARESMA

 

Tem início hoje o Tempo da Quaresma e vai até a Missa da Ceia do Senhor- 28/03/2013. É o tempo para preparação da Páscoa. A Quaresma faz memória de Cristo, em seus quarenta dias pelo deserto, revivendo na própria experiência os quarenta anos do povo de Deus também no deserto. É tempo para a redescoberta e o aprofundamento do nosso discipulado de Cristo. É tempo para um novo nascimento. Neste tempo penitencial somos chamados à conversão e unificação interior, como caminho pessoal e comunitário de libertação pascal. Deus nos concede a graça, neste tempo favorável de salvação, para corrigir nossos erros, aprofundar a nossa fé, assumir gestos de solidariedade.

Sendo tempo de renovação espiritual, o tempo quaresmal nos convida a prática da oração, apontando três relações fundamentais:

Oração(relação com Deus), Esmola(relação com os outros), Jejum(relação com as coisas). Tais ações devem ser feitas para glorificar a Deus e não para a nossa glorificação.

Os quarenta dias que precedem a Cruz e a Ressurreição sinalizam o caminho que a igreja, através da liturgia, nos oferece como possibilidade de sermos atingidos pela experiência Redentora de Jesus Cristo.

Assim, o tempo quaresmal deve vir iluminado pelo desejo de conversão, tempo que precede e predispõe à celebração da Páscoa: Festa central do ano litúrgico.

 

CINZAS:

 

As cinzas em nossas cabeças nos lembram a necessidade de conversão e de fé no evangelho. Recebendo-as reconhecemos que somos pó e pó voltaremos a ser. As cinzas evocam nossa realidade humana. Através da imposição, as cinzas nos fazem lembrar nossa fragilidade e nossa condição de pecadores, como também a nossa disposição de caminhar para o dia maior da ressurreição, vivendo a misericórdia divina. As cinzas, preparadas pela queima de palmas abençoadas no Domingo de Ramos do ano anterior, lembram Cristo vitorioso sobre a morte. Ao participar da celebração da benção e da imposição das cinzas, nesta quarta-feira, aderimos à dinâmica pascal. Páscoa que se vive na conversão por meio das práticas acima mencionadas. É o Senhor que nos convida a voltarmos para Ele de todo o coração.

 

CAMPANHA DA FRATERNIDADE - (CF)

Neste tempo especial da quaresma, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, nos apresenta a Campanha da Fraternidade como itinerário de conversão pessoal, comunitária e social.

Tema: Fraternidade e Juventude

Lema: “Eis-me aqui, envia-me” – Is 6,8.

A CF nos convida a adentrarmos no universo da juventude, seus problemas, desafios de vida, suas angústias e falta de perspectivas. A juventude expressa jovialidade, alegria, que se opõe à tristeza, à dor. O jovem hoje, mais do que nunca,  precisa de Deus, ter o vigor de Deus, a força de Deus.

No Brasil temos 47 milhões de jovens. Entre os que se dizem ter religião, 55% se declaram católicos. Utilizam a internet 50% de nossos jovens brasileiros.

Neste ano celebramos 50 anos da CF. em 1992 a CF já focou a juventude.

A missão da Igreja é Evangelizar e ser evangelizada. A Igreja precisa caminhar com os jovens e fazer com eles a experiência de Deus. É preciso acolhê-los e ajudá-los a ser  protagonistas.

Os jovens vivem em crise de sentido. Antes havia importância dos pais, da escola, agora são tomados pelos meios de comunicação de massa. A mudança cultural não só produz elementos negativos, mas também elementos que se convertem em vida, na valorização da pessoa, no sentido de vida. Temos os avanços tecnológicos – internet: O mundo se torna pequeno.

Dificuldades enfrentadas pelos jovens:

Mercado de trabalho mais exigente; são excluídos por uma sociedade competitiva; Fragilidade da família; ativismo dos jovens, sem projetos pessoais. A internet,  criou a aldeia global. O jovem quer estar sempre conectado. Assim não há atitude presencial. Esqueceu-se que o melhor meio de comunicação é a pessoa.

Deus nunca deixou de confia nos jovens. Confiou em Isaías que, depois da experiência com Ele falou: “Eis-me aqui, envia-me”. Jesus é modelo para o jovem.

A juventude mora no coração da Igreja. A Igreja ama os jovens. A Igreja precisa dos jovens para manifestar ao mundo o rosto de Jesus. A Igreja olha os jovens com esperança. Deve ajudá-los a abrir-se ao novo e buscar o sentido da vida, ajudá-los a recriar relações com Deus, a professar a fé, a reconhecer a dignidade da pessoa humana.

O ser humano depois de Deus é o que há de mais sagrado.

O Modelo de inspiração do jovem? Jesus Cristo. Ele oferece a todos um modelo de vida, ensina o homem a ser homem. Ele responde as angústias mais profundas dos jovens.

É preciso conversão pessoal e pastoral, que brota do encontro pessoal com Jesus Cristo – isso exige mudança interior: É preciso ouvir mais os nossos jovens. A conversão pastoral deve ecoar em nossas estruturas eclesiais, estruturas que não evangelizam mais nossa juventude, é preciso ser ousado para abandonar as velhas estruturas e abrir-se à novidade, abrir-se aos novos pátios dos jovens.

 

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE – JMJ

 

A CF já anuncia a JMJ - 23 a 28 de julho, cujo ponto alto será o encontro dos jovens com o novo  Papa.  Dia 27/07: Missa de vigília com o Santo Padre e, dia 28/07, missa de envio com o Santo Padre.

A JMJ no Rio (23 a 28/7) será preparada em todas as Dioceses do Brasil com uma Semana Missionária, de 16 a 20/7. Em nossa Diocese de Foz do Iguaçu, além de envolver nossos jovens na semana missionária, vamos também, em Foz, acolher mais de 1000 jovens vindos de outros países.

Para motivar os jovens do Brasil, o Papa enviou a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, que estão percorrendo todas as Dioceses do Brasil. Em nossa Diocese os jovens tiveram a graça de receber a Cruz e o Ícone nos dias 5 e 6 de fevereiro próximo passado. Foi um momento de muita alegria, entusiasmo e fé para os nossos jovens.

O lema da JMJ é: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” – (cf Mt 28,19)

Desejamos que os jovens sejam verdadeiros missionários e missionárias em nossa Igreja, com a missão: Jovens evangelizando jovens. Como o jovem Isaías, depois profeta Isaías, digam também: Eis-me aqui, envia-me!

 

BENTO XVI

O nosso Papa Bento XVI renunciará a Cátedra de São Pedro, dia 28 de fevereiro. Vejo a atitude dele como gesto de humildade, esvaziamento. A sua decisão revela o que sempre pregou: poder é serviço. Deixa-nos uma grande lição de humildade, desapego e amor para com a igreja.

Eu fui o 17º Bispo brasileiro nomeado por ele aos 15/03/06.

Foz do Iguaçu, 12 de fevereiro de 2013.

 

 

Dom Dirceu Vegini

Bispo Diocesano de Foz do Iguaçu

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Einstein
Banner pedrão 2018
Rose Bueno Acessórios
Banner violência se limite
Banner Mirante
Bassani
Banner emprego