banner coronavírus março

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
A GUERRA NUCLEAR
  Data/Hora: 15.fev.2017 - 10h 22 - Categoria: Mundo  
 
 
clique para ampliar

Fonte: Tribuna da Imprensa - HELIO FERNANDE

 

Com o mundo despedaçado em inumeráveis e incontáveis guerras ditas "localizadas", que atingem praticamente o mundo inteiro, surge o assustador e destruidor pânico com o desenvolvimento do que já se chamou de "bomba atômica" e agora é identificado como "artefato nuclear. Entre uma denominação e outra, 70 anos. 
 
Só que agora, o susto real e sem possibilidade de ser estancado, vem da insignificante Coréia do Norte. Insignificante, comandada por um irresponsável, que domina a economia mais "fechada" do mundo. Sofre sanções ha dezenas de anos. E assim mesmo utiliza todos os seus recursos para desenvolver cada vez mais assustadoramente, o processo nuclear. Com o povo cabisbaixo e sem a menor condição de impedir essa loucura. (Esse "louco" é apoiado pelos militares).
 
Seus testes nucleares, que não eram levados a serio, agora estão na pauta de cientistas e físicos respeitadíssimos, que estudam como será o "fim do mundo”. Já aconteceu (supõem) com outros planetas. Levam a serio o estagio atual da Coréia do Norte, e acreditam que podem completar o ciclo, com um avanço indescritível ou inimaginável.
 
A IRRESPONSABIIDADE DA MEDIOCRE COREIA DO NORTE
 
Hoje já tem capacidade de atingir e destruir o Japão e a Coréia do Sul, provocando espantosa repercussão. E tudo indica que estão no caminho certo para incendiar o mundo, e destruí-lo completamente. Ninguém sabe de quanto tempo precisarão para atingir o objetivo ambicionado. Tudo aqui é rigorosamente verdadeiro, a Coréia do Norte entrou para valer,no mapa da destruição nuclear.
 
EINSTEIN
 
Em 1934/1935, os americanos começaram a fazer testes com a bomba atômica, no deserto de los Alamos. O chefe da equipe era o físico Filipe Hopenhaimer, que levou um susto tremendo e se apavorou com a primeira explosão. Usando como roteiro a genial Teoria da Relatividade, foi procurar seu autor. Einstein ouviu assombrado o relato do físico.
 
Quem ficou em pânico foi o próprio Einstein apelou de todos os modos para não irem adiante. Foram, o resultado foi à destruição de Hiroshima e Nagazaki, crime hediondo praticado por Truman. Outro vice que assumiu com a morte do presidente eleito.
 
Não pararam mais. Pouco antes de morrer, Einstein recebeu um grupo de personalidades da maior importância, que lhe disseram: "Estamos com medo da Terceira Guerra mundial, e que seja nuclear". Resposta imediata do gênio, que descobriu e ensinou ao mundo, A ENERGIA È IGUAL À MASSA, MAIS O QUADRADO DA VELOCIDADE DA LUZ: "Se A terceira guerra mundial for nuclear, a quarta será com PAUS e PEDRAS, é o que sobrará".
 
A Coréia do Norte só tem relacionamento com um país: a China. Isto é uma informação, não uma solução. Apesar da China não ter o menor interesse numa guerra nuclear.
 
 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Mirante
Banner emprego
Banner pedrão 2018
Banner violência se limite
Banner Einstein
Rose Bueno Acessórios
Bassani