Banner Primeiro Conart

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Uma Pátria sem Inteligência
  Data/Hora: 13.abr.2020 - 5h 57 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar
Por Mario Eugenio Saturno

 

A Inteligência que me refiro não é aquela que você e eu temos, mas daqueles departamentos que governos e forças armadas possuem. Todas as Forças têm seu grupo de Inteligência, o Exército, a Marinha, a Aeronáutica, a Polícia Militar, a Polícia Civil etc. Os governos também têm, como a ABIN (Agência Brasileira de Inteligência).
 
 
Pois é, nossos valorosos militares, primeira linha de defesa da nação, não viram o perigo imediato à nacionalidade. China, Irã, Coreia do Sul, Japão, Austrália, Itália, um a um, os países foram padecendo da epidemia de coronavírus, mas nossos agentes continuavam silentes.
 
 
As ações da Vale, da Petrobras, das empresas de transporte de passageiros e de turismo caem... E os nossos valentes? Nada! Finalmente, as Bolsas de Valores desabam pelo mundo todo, e nossos agentes das Inteligências dormem.
 
 
A Itália sucumbe, todos os países mostram uma curva exponencial que aprendemos na oitava série do primeiro grau. Mas nenhum militar entendeu, via a curva, mas não conseguiram inferir, nem gerar uma dúvida. Cabe lembrar que o presidente Bolsonaro estudou em uma Escola Militar, em tese, escolas de boa qualidade. E lá foi o presidente passear em Miami, levando uma tropa obediente para trazer o vírus mais depressa. E cadê a Inteligência para alertar o presidente?
 
 
Os jornalistas iniciam os alertas à Pátria, o chefe-mor diz que é histeria, e os agentes pagos para pensar? Mudos! Então, até jornalista amigo do presidente o repreende ao vivo na televisão, mas os agentes continuam inertes.
 
 
Os governadores, que mostram entender de curva exponencial, marcam a quarentena para o dia 23 de março, mas os professores que entendem melhor que os governadores, param as escolas no dia 16 mesmo, seguido pelos empresários e empregados assustados com a fila de caminhões do Exército levando urnas funerárias.
 
 
Em uma semana após a primeira morte, comparando com a Itália e a Espanha (que seguia pior), mostrou o Brasil com uma curva de mortos maior que esses dois países. Era o caos anunciado, enquanto víamos em Quito corpos jogados na rua, literalmente, às moscas.
 
 
A equipe econômica também não tinha um plano de contingência para uma situação como essa e demora a reagir. Com tantos órgãos de Inteligência, nenhum produziu um informe da realidade para alertar o presidente, que passa a defender o retorno ao trabalho. Enquanto isso, os Estados Unidos da América sucumbe.
 
 
A China vence a covid-19 com isolamento de apenas 59 dias depois de entrar no caos. O Brasil entrou em quarentena voluntária para os cidadãos e obrigatório para diversos setores. Teríamos condições para sair da crise em 50 dias ou até mesmo 45. Em vinte dias, nossa exponencial ficou bem suave, mas... E os agentes (mais para passivos)? Totalmente insípidos, estimulando o presidente a desafiar as recomendações da Saúde, inventar procedimentos não provados e estimulando muitos a sair da quarentena.
 
 
Cabe lembrar que o Tribunal de Nuremberg condenou subordinados. O presidente e sua trupe de desinteligência, incapazes de entender uma simples exponencial, ameaçam destruir a Pátria. Nossa esperança repousa nos governadores, deputados, senadores, prefeitos e vereadores. As batatas, aos vencedores!
 
 
Mario Eugenio Saturno (cientecfan.blogspot.com) é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano

Mario Eugenio Saturno

 

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Bassani
Calendário eleitoral
Banner Mirante
Rose Bueno Acessórios
Banner violência se limite
banner vende apartamento II
Banner emprego
Banner laranja
banner março 2020
Banner Notre Dame