Banner educação

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Mandetta caiu
  Data/Hora: 16.abr.2020 - 19h 24 - Categoria: Brasil  
 
 
clique para ampliar

Por Leandro Demonri, Editor executivo do Intercept Brasil, via redes sociais...

 

Foto: Internet/Divulgação - Depois de dias de fritura, Jair Bolsonaro finalmente demitiu Luiz Henrique Mandetta. A queda do ministro acontece no meio da maior crise de saúde pública do planeta e vai mexer em toda a estrutura do Ministério da Saúde no momento em que mais precisamos dele. Junto com Mandetta, cai parte da equipe que vinha tocando o combate ao coronavírus. Gente como Wanderson de Oliveira, doutor em epidemias pela federal do Rio Grande o Sul e que estava há 15 anos no ministério. Ele coordenou a resposta nacional à zika, por exemplo. Um técnico daqueles que Bolsonaro enche a boca pra falar, mas que frita no asfalto quando contrariado.



Bolsonaro é o pior líder do mundo no enfrentamento à crise porque vomitou em Brasília, de seu avião, mais de 20 infectados com coronavírus, porque saiu por aí apertando a mão das pessoas mesmo com suspeitas fortíssimas de estar contaminado, porque usa seu poder para disseminar anticiência e relativizar a morte. Mas também, e principalmente, porque desde o início não deu um dia de descanso para que a equipe do Ministério da Saúde trabalhasse em paz.



Eu passei alguns dias tentando entender o que se passa nos redutos eleitorais ainda tão colados em Bolsonaro, de onde ele tira o apoio para demitir seu principal ministro do momento. Afinal, o presidente da República está na defensiva há semanas, logo ele acostumado a só jogar no ataque.

Um resumo das conversas que tive é mais ou menos esse: “Todo mundo usou Bolsonaro pra se eleger e agora não querem obedecer ele. Isso inclui Mandetta, Dória, Caiado, Witzel. Eles só fazendo politicagem contra o presidente (mas o presidente não está fazendo politicagem). Eles estão ‘se achando’. Mas os militares estão no poder e vem aí um AI-5. Quero ver esses papudos aguentarem o ferro.”

Análise política como se o mundo fosse um filme da Marvel. Uma Titanomaquia mediada por memes ruins. É com base nisso que Bolsonaro se move. É a ciência do zap usada por Jair Bolsonaro para colocar a vida de milhões de brasileiros em risco. 



Achei relevante dar essa notícia pra vocês aqui na nossa newsletter, que virou uma ferramenta espetacular para que o TIB se comunique com centenas de milhares de pessoas em meio à pandemia. O contexto de apoio a Bolsonaro é importante.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
banner itaipulândia julho II
Banner violência se limite
Banner conar
Rose Bueno Acessórios
Banner pedrão 2018
Banner Einstein
Calendário eleitoral
banner vende apartamento II
Bassani
Banner emprego