banner itaipulândia junho

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Coronavírus - Luciana propõe ao governo a compra de leite e derivados da agricultura familiar para doação nas ações sociais
  Data/Hora: 20.abr.2020 - 23h 31 - Categoria: Politica  
 
 
clique para ampliar

-  Deputada sugere que esses alimentos sejam entregues às famílias vulneráveis, inscritas no Cadastro Único, crianças e mulheres em situação de violência doméstica, hospitais públicos, filantrópicos e asilos, enquanto durar o estado de calamidade pela COVID-19.

 

Curitiba, PR (20/04/2020) - A deputada estadual Luciana Rafagnin (PT-PR) protocolou dois requerimentos na sessão remota desta segunda-feira (20) da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), sugerindo ao governo do estado a compra de leite e derivados da agricultura familiar. Um deles propõe a distribuição desses alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social, de violência doméstica, também a hospitais e entidades assistenciais. No outro a deputada pede a inclusão de leite e derivados no programa de compra direta da agricultura familiar para o qual o governo deverá lançar edital nos próximos dias.

 

Ao mesmo tempo em que atua para diminuir o sofrimento da população, que enfrenta inúmeras dificuldades de sobrevivência em função da crise da pandemia do coronavírus, seja com a falta de trabalho e de oportunidades de renda, seja pelo aumento da fome e da miséria, as medidas também visam diminuir os prejuízos aos agricultores familiares, cooperativas e laticínios desse segmento, que têm deixado de comercializar sua produção, em função das necessárias restrições à circulação de pessoas, isolamento e distanciamento social.

 

"Ao abrir um canal de comercialização para o leite e derivados da agricultura familiar do estado, o governo propicia uma alimentação saudável e balanceada, rica em proteínas, a essa população desfavorecida e contribui para aumentar sua imunidade, o que é essencial no enfrentamento da COVID-19. Também garante o escoamento da produção das cooperativas e laticínios da agricultura familiar e o incremento da economia local nessas condições adversas", disse a deputada Luciana.

 

A deputada aponta como via de distribuição dos alimentos os mesmos canais pelos quais o governo já se utiliza para execução dos programas da ação social do estado e diz que tais medidas são necessárias enquanto durar o estado de calamidade decretado por conta da crise da pandemia do coronavírus.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Mirante
Bassani
Rose Bueno Acessórios
Banner Einstein
Banner violência se limite
Banner pedrão 2018
Banner Exposição
Banner emprego