banner coronavírus março

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Engenharias inovam e promovem colações de grau ao ar livre nesta pandemia
  Data/Hora: 12.ago.2020 - 9h 17 - Categoria: Educação  
 
 
clique para ampliar

Da Assessoria - Crea-PR estará representado em formatura de curso de Engenharia Civil, dentro de obra de expansão de hospital, em Cascavel

 

 

Desde que a pandemia do novo Coronavírus chegou ao Brasil, em março deste ano, as instituições de ensino superior estão se desdobrando e buscando inovações para que os alunos possam dar sequência aos estudos e para que as turmas possam participar de um dos momentos mais importantes da vida acadêmica: a colação de grau.

 

Assim que as atividades presenciais foram suspensas, uma das soluções encontradas pelas instituições foram as aulas remotas. “Nós estamos promovendo aulas síncronas, que é diferente do EAD. Essas aulas são ao vivo e permitem a interação em tempo real. Nas aulas teóricas o professor explica o conteúdo por meio de plataforma digital, através do Google Meet. Nós também fizemos gravações para outras aulas. Mas agora, aqui em Cascavel, o Decreto Municipal já autoriza aulas práticas presenciais, desde que respeitando o distanciamento social, uso de máscaras e álcool gel e outros cuidados, o que nós estamos fazendo”, explica Ana Paula Mourão Simonetti, Engenheira Agrônoma e coordenadora do curso de Agronomia do Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz (FAG).

 

Para o professor da FAG e conselheiro do Conselho de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), Engenheiro Agrônomo Marco Antonio Rott de Oliveira,  a continuidade das aulas online durante a pandemia da Covid-19, com a presença de acadêmicos e professores, “viabilizou a manutenção da interação e o seguir em frente, deixando de lado qualquer frustração, nos permitindo trilhar o caminho da melhoria contínua."

 

Colação de grau inovadora

Para se prevenir contra a Covid-19, a Organização Mundial da Saúde (OMS) pede que as aglomerações de pessoas sejam evitadas. Por isso, muitas cerimônias de formatura estão sendo canceladas e, algumas vezes, substituídas pela colação de grau em gabinete, com a participação individual do formando. Mas algumas instituições de ensino, como o Centro Universitário FAG em Cascavel inovou promovendo a colação de grau no sistema Drive-Thru e uma formatura em ambiente aberto, que contou com a presença de formandos e familiares, respeitando os critérios de segurança. “A FAG sempre inova. No ensino nós buscamos sempre coisas novas, trabalhamos com metodologias ativas e com a parte de resolução de problemas na Engenharia. Já implantamos a nova diretriz curricular no curso das Engenharias, então, sempre buscamos inovações e neste período de pandemia buscamos alternativas para as colações de grau. Bem no pico da pandemia, o primeiro evento foi do curso de Medicina, no modelo Drive-Thru”, lembra a Engenheira Civil e coordenadora do curso de Engenharia Civil da FAG, Debora Felten.

 

Outra cerimônia de colação de grau inovadora, do curso de Agronomia, aconteceu na tarde do último dia 7, dentro da Fazenda Escola, em meio à plantação de aveia e trigo. “A Agronomia vem do campo, vem da terra, e essa ideia possibilitou a junção desses dois universos. Em meio a uma pandemia, onde o aluno teria que fazer a colação de grau sozinho, sem a presença da família, nós queríamos resolver esse problema porque nós entendemos que a colação de grau é um momento que ele guarda para vida, e ao mesmo tempo fazer no campo essa colação, é levar o Agrônomo para o laboratório vivo dele, no maior local de trabalho do profissional. Por isso, nós abraçamos essa causa e o resultado foi muito bom”, comemora a coordenadora do curso de Agronomia da FAG. 

 

Uma estrutura especial foi montada na Fazenda Escola que serviu de palco para a colação de grau de 44 acadêmicos do curso de Agronomia. Por medida de segurança, os formandos foram divididos em dois grupos, prevenindo aglomeração. “Para obedecer todos os critérios estabelecidos no Decreto Municipal, nós dividimos a turma e fizemos duas cerimônias de colação de grau, para que não ultrapassasse o número de 100 pessoas participantes. Os alunos e famílias se sentiram muito satisfeitos, e nós professores também. Com certeza essa colação vai ficar na história”, afirma Simonetti.

 

A cerimônia contou com protocolos tradicionais como o juramento, outorga de grau e discursos, mas além das tradicionais becas, as máscaras se tornaram um item indispensável para os formandos, familiares, professores e demais participantes. Logo na entrada havia álcool em gel, aferição de temperatura, distanciamento social e luvas para os formandos receberem o tão sonhado canudo.

 

Segundo o gerente regional do Crea-PR em Cascavel, Engenheiro Civil Geraldo Canci, após a colação de grau os egressos podem solicitar imediatamente o registro profissional junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná. “Esse pedido pode ser feito de forma online. Assim, eles já estarão aptos para exercer a profissão escolhida”, orienta Canci.

 

 

Crea-PR representado na colação de grau

Nesta quarta-feira (12) os formandos do curso de Engenharia Civil da FAG viverão a mesma experiência de colação de grau, que seguirá os mesmos protocolos de segurança e será realizada ao ar livre, na obra do Hospital São Lucas, no centro de Cascavel, com transmissão ao vivo pela internet. “O curso de Agronomia fez a colação de grau no campo, e a Engenharia Civil não pode ser diferente, por isso escolhemos fazer o nosso evento na obra de ampliação do Hospital São Lucas porque lá foi o canteiro de práticas acadêmicas dos nossos alunos. Então, nada mais justo do que realizar o evento no local onde nossos estudantes acompanharam a execução da obra”, observa a coordenadora Débora Felten.  

 

O Crea-PR será representado no evento por meio da conselheira do Crea-PR, professora, doutora e Engenheira Civil Lígia Eleodora Francovig Rachid, que será a paraninfa da turma. A colação de grau contará com a presença do Engenheiro Civil e gerente regional do Crea-PR de Cascavel, Geraldo Canci, que fará a entrega da Láurea Acadêmica da turma, que é uma honraria de reconhecimento ao mérito acadêmico do estudante com desempenho destacado durante a sua formação no curso de graduação.

 

Sobre o Crea PR

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), criado no ano de 1934, é uma autarquia responsável pela regulamentação e fiscalização dos profissionais da empresa das áreas da engenharia, agronomias e geociências. Além de regulamentar e fiscalizar, o Crea-PR também promove ações de orientação e valorização profissional por meio de termos de fomentos disponibilizados via Editais de Chamamento.

 

 

Informações para a imprensa:

ascomcascavel@creapr.org.br

Geovana Diesel – (45) 9 8423-0811

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Einstein
Banner pedrão 2018
Bassani
banner vende apartamento II
Banner emprego
Banner laranja
Banner violência se limite
Rose Bueno Acessórios
Banner Mirante