outubro rosa

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Olhem a diferença: - Secretários conhecem programa de pinturas de vias urbanas desenvolvido em Marechal Cândido Rondon
  Data/Hora: 13.ago.2021 - 9h 52 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

Da redação com fotos e informações da Assessoria - Gov. Mun. -  É por essas e outras que podemos afirmar que - “As cidades são como as pessoas – as que são bem administradas têm alma, são bonitas, hospitaleiras e acolhedoras”.

 

Ao visitar o site da Prefeitura Municipal e ver a matéria abaixo sobre a visita dos Secretários ao Município de Marechal Candido Rondon para conhecer o programa de pinturas de vias urbanas desenvolvido no município – e fazendo um comparativo ao que se gastou com essas mesmas pinturas nas vias públicas no último governo é que dá para ver a diferença que faz em você “manter o foco em governar pensando no crescimento e no desenvolvimento do município como um todo.

 

Discretos e procurando fazer a política da boa vizinhança, tanto o prefeito Boaventura Motta, como o seu vice, Cláudio Rodrigues, evitam em fazer comparativos. Mas, nós que acompanhamos o dia a dia da administração anterior era frequente visitarmos a Prefeitura, sem subir as escadas do poder, para protocolar requerimentos com pedidos de explicações.

 

Requerimentos esses que na sequência, eram protocolados junto ao Ministério Público – e com o decorrer do tempo o que aconteceu é de conhecimento de todos. Operações em cima de operações e boa parte foram parar atrás das grades e continuam respondendo por suas ações.

 

Por que lembro isso? Uma das reportagens de grande repercussão sobre superfaturamento de serviços públicos que fizemos por aqui, foi justamente no último ano daquela fatídica administração, envolvendo os valores que se pagavam para pinturas nas vias públicas. Vejam que naquela época, a empresa que venceu a licitação para as pinturas na cidade, cobrou o valor de R$ 24,00 o metro linear e faturou milhões de reais num curto espaço de tempo. Que fique bem claro, que isso é um só exemplo do que se fazia naquela época.

 

É por essa e outras que podemos afirmar que - “As cidades são como as pessoas – as que são bem administradas têm alma, são bonitas, hospitaleiras e acolhedoras”.

 

Nesta visita técnica que os Secretários do atual Governo fazem ao município de Marechal Cândido Rondon para conhecer o programa de pintura das vias urbanas desenvolvido pela prefeitura daquela cidade, é que podemos ver a diferença do absurdo que se pagava por aqui.

 

“Na oportunidade, os secretários municipais de Assistência Social, Adriana da Silva Motta, de Assuntos Comunitários, Alexandro Alcará, e de Planejamento, Gunar Henrique Guedes, e o diretor do SMITRANS (Órgão Municipal Executivo de Trânsito e Rodoviário de São Miguel do Iguaçu), Lucas Conti Viana da Silva, foram recepcionados pelo secretário municipal de Mobilidade Urbana de Marechal Rondon, coronel Welyngton Alves da Rosa.

 

Foram apresentados aos representantes de São Miguel do Iguaçu todos os detalhes do programa desenvolvido na cidade rondonense com equipamento e mão-de-obra próprios”.

 

Levantando os valores investidos para contratação de empresa especializada, o município buscou alternativas e encontrou um maquinário destinado para esta finalidade, uma espécie de triciclo adaptado, com custo aproximado de R$ 168 mil, que é utilizado para realização das pinturas. Atualmente o custo para contratação de empresa especializada em pintura de faixas é de aproximadamente R$ 10,00 por metro linear.

 

Agora, a prefeitura de Marechal tem como custo a compra dos materiais necessários e realiza todo o trabalho com mão-de-obra própria, proporcionado economia para os cofres públicos.

 

Também foi apresentado o depósito onde serão destinadas todas as placas de sinalização vertical danificadas e também as novas, utilizando toda uma organização para a utilização das mesmas.

 

Enquanto que as planas novas são destinadas para renovar a sinalização, as danificadas são revitalizadas e posteriormente utilizadas para sinalização do trânsito no interior do município.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner pedrão 2018
Bassani
Rose Bueno Acessórios
Banner violência se limite
Banner emprego
Banner Mirante
Banner Einstein