banner itaipulândia junho

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Itaipu produz acima dos 9 milhões de MWh e tem a melhor produção mensal em 28 anos de operação
  Data/Hora: 1.ago.2012 - 16h 54 - Categoria: Itaipu Binacional  
 
 
clique para ampliar

A Itaipu Binacional, que vem batendo sucessivos recordes de produção em 2012, comemora uma nova marca. Em 28 anos de operação, a usina nunca havia produzido tanta energia em um mês quanto em julho deste ano.

 

 

Foi a primeira vez que a Itaipu superou a barreira mensal dos 9 milhões de megawatts-hora (MWh). Foram 9.108.853 MWh ante 8.744.406 MWh registrados em agosto de 2008, quando a usina bateu recorde mensal e chegou ao final do ano com o valor histórico de 94.684.781 MWh. 

 

 

O superintendente de Operação, Celso Torino, atribui o recorde ao aumento do consumo de energia elétrica no Brasil e no Paraguai, aliado ao bom desempenho da usina e o entrosamento da área técnica de Itaipu e outras empresas parceiras do sistema elétrico, que é interligado, e as condições hidrológicas favoráveis da bacia incremental.


“Estes resultados somente são possíveis graças ao entrosamento e competência das equipes da área técnica da Itaipu”, conclui o superintendente.

 

 

Muita luz

Os 9.108.667MWh de julho seriam suficientes para atender as necessidades de consumo de energia elétrica do Estado do Paraná, por 4 meses e 7 dias; da cidade de São Paulo, por três meses e 17 dias; do Estado de São Paulo, por 27 dias; da região Sul, por 1 ano e 5 meses; da região Sudeste, por 14 dias; do Paraguai, por 10 meses; e de Foz do Iguaçu, por 20 anos.

 

 

Produção no ano já chega a 59.214.708 MWh

No total, a produção dos sete primeiros meses de 2012 soma 59.214.708 MWh contra 55.478.114 MWh no mesmo período de 2008, ou seja, uma folga de pouco mais de 3,5 milhões de MWh em relação ao ano do recorde.


 

Esse total poderia atender o Estado do Paraná por 2 anos e três meses; a cidade de São Paulo por 2 anos e um mês; o Estado de São Paulo por seis meses; a região Sul por 10 meses; a região Sudeste por 3 meses; o Paraguai por 5 anos e 6 meses; e Foz do Iguaçu por 128 anos. 

 

 

Sucessivos recordes 

Desde o início de 2012, Itaipu vem estabelecendo novas marcas. A produção acumulada no 1º semestre, que também é recorde, chegou a 50.105.855 MWh superando em 4,8% a maior marca atingida no primeiro semestre de 2008, num total de 47.816.753 MWh.

 

 

Capacidade e geração

Itaipu tem 20 unidades geradoras. Para se adequar aos mercados brasileiro e paraguaio, a geração de energia adota duas frequências diferentes: 10 produzem em 50 Hz para atender o Paraguai e outras 10 de 60 Hz para o Brasil.

 

 

Desafio

A Itaipu tem como desafio alcançar, nos próximos anos, uma produção histórica de 100 milhões de MWh. “Apesar dos números excelentes, temos que ter cautela. A obtenção de um novo recorde mundial de produção de energia tem chances reais de acontecer, porém, ainda faltam cinco meses para o final do ano”, lembra o superintendente.  E reforça: “é Importante, portanto, que trabalhemos diariamente para a obtenção de uma produção permanentemente expressiva e compatível com a capacidade da usina”.

 

 

Histórico

1966. Assinatura da Ata do Iguaçu e início das negociações entre Brasil e Paraguai.

1973. Assinatura do Tratado da Itaipu.

1974. Constituição da entidade Itaipu Binacional.

1975. Início da construção da usina.

1978. Abertura do Canal de Desvio.

1982. Formação do reservatório

1984. Início da operação das duas primeiras unidades geradoras.

1991. Entrada em operação da 18ª unidade geradora. Inclusão dos estados e municípios na distribuição de royalties.

2003. Atualização da missão da empresa, com a inclusão da responsabilidade socioambiental e do desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico sustentável.

2005. Troca de Notas Reversais, para que as iniciativas da Itaipu no campo da responsabilidade social e ambiental fossem inseridas como componentes permanentes na atividade de geração de energia.

2007. Início da operação comercial das duas últimas unidades geradoras previstas no

projeto e alcance da capacidade instalada de 14.000 MW.

2008. Produção recorde mundial de geração de energia: 94.684.781 MWh.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Exposição
Banner Einstein
Banner Mirante
Banner violência se limite
Banner emprego
Rose Bueno Acessórios
Banner pedrão 2018
Bassani