banner dengue SMI

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
COPA FRIELLA – Nas imagens clicadas pela Assessoria de Imprensa do Executivo Municipal, um show de energia, vitalidade, e alegria...
  Data/Hora: 4.ago.2022 - 7h 6 - Categoria: São Miguel do Iguaçu  
 
 
clique para ampliar

"A construção do ser social, feita em boa parte pela educação, é a assimilação pelo indivíduo de uma série de normas e princípios — sejam morais, religiosos, éticos ou de comportamento — que balizam a conduta do indivíduo num grupo. O homem, mais do que formador da sociedade, é um produto dela."

 

Da Redação com fotos e informação da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal -  Confesso que presencialmente, não consegui assistir às decisões da 12ª Copa FRIELLA de Futsal, categorias de base, realizadas no Centro Esportivo Valter Marcon, em São Miguel do Iguaçu no último final de semana. Mas, assisti a transmissão dos jogos pela LIVE da prefeitura municipal, o que me motivou a fazer essa matéria.

 

Um evento, organizado pelo Instituto Costa Oeste para o Desenvolvimento Desportivo do Futsal (INCODEF), que é bom que se diga, nesta final, recebeu todo carinho e atenção da Secretaria de Cultura e Esportes do Governo Municipal, que um evento com essa magnitude merece.

 

 

 

 

 

Por que devemos colocar um olhar mais apurado nas categorias de base? É fato inegável que o esporte é um dos “fenômenos sociais de grande envergadura”, que de uma forma ou de outra, termina impactando a vida e o convívio social e com forte poder de penetração nos mais diversos espaços da sociedade.

 

Numa pesquisa mais apurada envolvendo a beleza e a grandeza do esporte, vamos encontrar uma série de livros e documentários, realçando esse alcance social. O escritor e sociólogo Marcel Mauss, autor de “O Fato Social Total”, afirma que essa é uma “atividade que tem implicações em toda a sociedade, nas esferas econômicas, jurídicas, políticas e religiosas.”

 

No seu ponto de vista, “diversas esferas da vida social e psicológica são tecidas juntas pelo que ele passa a chamar de "fatos sociais totais".

 

O esporte, tem essa força, essa magia capaz de levar um renomado professor de literatura de Stanford, como Hans Ulrich Gumbrecht, por exemplo, a escrever um livro sobre esportes, onde nos conta que "nada jamais foi tão intenso em sua vida quanto as emoções experimentadas nos eventos esportivos a que assistiu."

 

É importantíssimo que essa Garotada que estão iniciando as suas atividades no esporte, “entendam esse fascínio, vivenciado tanto numa partida de futebol quanto numa luta de boxe (ou num outro esporte), é ponto de partida desta aventura intelectual sofisticada, que propõe uma análise original do fenômeno esportivo”, como descreve Hans.

 

 

 

Lembra que, “é preciso superar a dificuldade que os intelectuais têm de fazer elogios aos esportes, e aceitar que assistir a um evento esportivo corresponde a uma experiência estética, tal qual apreciar um concerto ou uma pintura. Pense na arrancada de Maradona do meio de campo até o gol da Inglaterra na Copa do Mundo de 1986, ultrapassando cinco adversários no caminho – essa aparição inesperada pode ser encarada como uma epifania”, descreve.

 

Por que citamos isso? É importantíssimo para a nossa juventude, que além de praticarem uma atividade esportiva, leiam bons escritores como Gumbrecht, por exemplo, que “nos leva para um delicioso passeio pela história do esporte, do tempo dos semideuses gregos e gladiadores romanos à atual transformação das disputas esportivas num negócio rentável, e ainda propõe uma tipologia das diferentes sensações que os esportes provocam nos espectadores, ligadas à contemplação dos corpos, ao sofrimento, às formas, às jogadas e ao timing dos atletas.”

 

Por cerca de 12 anos, fui Secretário da Liga de Esportes Amador de São Miguel do Iguaçu, a qual dediquei grande parte da minha vida e um dos lemas que adotamos na época, dizia que: “Nós queremos o Esporte a serviço da Cultura – e a Cultura a serviço da Educação”. Lema esse que de certa forma, também reverencia o pensamento do francês Émile Durkheim, nascido em 15 de abril de 1858, considerado o pai da sociologia, que afirmava: "a construção do ser social, feita em boa parte pela educação, é a assimilação pelo indivíduo de uma série de normas e princípios — sejam morais, religiosos, éticos ou de comportamento — que balizam a conduta do indivíduo num grupo. O homem, mais do que formador da sociedade, é um produto dela."

 

Segundo informações da Assessoria de Imprensa, esse evento reuniu 12 municípios da região com a participação de mais de mil atletas em 60 equipes nas categorias: Sub-09, Sub-11, Sub-13 e Sub-15 masculino e Sub-15 feminino. Nas cinco categorias da Copa, São Miguel ficou em terceiro nas categorias sub-09 e sub-15 masculino e vice no sub-15 feminino e sub-11 masculino.

 

 

 

 

 

 

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Einstein
Bassani
Banner Mirante
Banner pedrão 2018
Rose Bueno Acessórios
Banner violência se limite
Banner emprego