banner itaipulândia junho

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Jornada de Lutas MST-PR entrega pauta de reivindicações da reforma agrária popular ao INCRA
  Data/Hora: 17.abr.2023 - 15h 46 - Categoria: Politica  
 
 
clique para ampliar

Texto e fotos: Thea Tavares - Assessoria de Comunicação Curitiba, PR (17/04/2023) – No dia nacional de luta pela reforma agrária, a deputada estadual Luciana Rafagnin e o deputado federal Tadeu Veneri, ambos do PT do Paraná, acompanharam a entrega da pauta de reivindicações do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST-PR) ao Superintendente Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no estado, Nilton Bezerra Guedes. A audiência no Incra-PR é uma das atividades que integra a programação da Jornada de Lutas do mês de abril.

 

Com 320 projetos de assentamento, ocupando 80 imóveis rurais, em que mais de 7 mil famílias camponesas trabalham para produzir alimentos nas comunidades de reforma agrária popular em todas as regiões do estado, o MST-PR entregou ao Incra um conjunto de reivindicações que refletem as demandas também das cerca de 29 mil famílias residentes nos acampamentos e assentamentos do Paraná. A principal delas é a da consolidação e regularização das áreas, que encontraram no órgão público, nos últimos seis anos, um adversário a mais, por conta da política do governo anterior, que investiu em um franco desmonte das políticas públicas e garantias dos direitos das famílias camponesas.

 

O assentamento imediato das mais de 7 mil famílias acampadas no Paraná é a principal bandeira das lutas neste mês de março, ao lado da implementação de políticas de viabilização e fortalecimento da produção, do fomento às cooperativas e agroindústrias da reforma agrária popular, da retomada do programa de habitação rural e do Minha Casa, Minha Vida pelo Incra, da recuperação de estradas rurais e da assistência técnica, entre outros avanços.

 

“É uma alegria poder estar aqui no Incra, especialmente depois de um período em que o órgão foi impedido de exercer suas finalidades e atender ao interesse das famílias da reforma agrária popular”, disse a deputada Luciana em sua saudação. “Esta é uma pauta justa e mais do que nunca a nossa esperança é renovada, não apenas pela eleição do Presidente Lula, mas pelo compromisso dele de colocar no orçamento e na ordem do dia de seu governo as necessidades de vida e trabalho digno no campo”, acrescentou a deputada que é líder do Bloco Parlamentar da Agricultura Familiar na Assembleia Legislativa do Paraná.

 

Na semana que passou, o Incra-PR anunciou a oficialização de dois novos assentamentos no estado. Serão assentadas as famílias do Maria Rosa do Contestado, em Castro, e do Emiliano Zapata, de Ponta Grossa. A Jornada de Lutas do MST-PR realiza marchas, audiências e doação de alimentos até quarta-feira (19) para marcar os 27 anos de impunidade do Massacre de Eldorado de Carajás-PA, triste episódio em que morreram 21 camponeses e 69 foram mutilados na brutalidade da ação da Polícia Militar do Pará.

 

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner pedrão 2018
Banner Einstein
Bassani
Banner violência se limite
Banner Mirante
Rose Bueno Acessórios
Banner Exposição
Banner emprego