Banner eleitoral

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Itaipu sedia reunião de autoridades do Mercosul para debater atuação em desastres
  Data/Hora: 20.set.2023 - 11h 27 - Categoria: Itaipu Binacional  
 
 
clique para ampliar

Representantes do Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai se reuniram nessa terça-feira (19) para alinhar estratégias preventivas frente a inundações, incêndios e outras ocorrências

 

Da Assessoria - fotos: Rafa Kondlatsch/Itaipu Binacional - A Itaipu Binacional sediou, nesta terça-feira (19), a Reunião de Ministros e Altas Autoridades de Gestão Integral de Riscos de Desastres (RMAGIR) do Mercosul. No encontro, representantes do Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai debateram estratégias para atuação unificada em ocorrências causadas pela natureza, como inundações, incêndios florestais, ciclones, entre outros, que porventura atinjam zonas fronteiriças. A reunião foi realizada no Edifício da Produção, na área da usina.

 

Segundo o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, Wolnei Wolff Barreiros, a Itaipu foi escolhida para sediar a reunião por simbolizar a capacidade dos diferentes governos em trabalharem juntos. “A ideia desse grupo é fazer um alinhamento das políticas públicas que sirvam para esses países, que fazem fronteira entre si, atuarem na ocorrência de desastres”, explicou.

 

Lembrando casos como o do Rio Grande do Sul, que sofreu recentemente com a passagem de um ciclone extratropical, e das enchentes na Líbia, o secretário pontuou a importância de agir “no menor tempo possível e da melhor maneira possível”.

 

“Os desastres não respeitam as fronteiras. São situações que ninguém deseja, mas para as quais temos que estar preparados, trabalhando com a prevenção, para que os impactos sejam os menores possíveis e para potencializar o socorro às áreas e populações impactadas”, afirmou.

 

Ao longo do dia, foram abordados os progressos alcançados pelos grupos de trabalho dos quatro países e discutiu-se uma proposta de memorando de entendimento a ser celebrado com a União Europeia.

 

Também participaram da reunião o ministro e coordenador-Geral de Cooperação Humanitária do Ministério de Relações Exteriores (MRE), José Solla Vázquez Júnior; a gerente da Coordenação Geral de Cooperação Humanitária do MRE, Silvia Antunes Ribeiro; o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Desastres (CENAD/MIDR), Armin Braun; o ministro da Secretaria de Emergência Nacional (SEN) do Paraguai, Arsenio Zarate; a diretora das Relações Internacionais e Interinstitucionais da SEN, Jazna Arza de Olmedo; a encarregada da área internacional do Sistema Nacional de Emergências do Uruguai, Gimena Pintos; o vice-presidente da Agência de Cooperação Internacional e Assistência Humanitária Cascos Blancos (ACIAH), da Argentina; entre outras autoridades.

 

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,9 bilhões de MWh. Em 2022, foi responsável por 8,6% do suprimento de eletricidade do Brasil e 86,3% do Paraguai. A empresa tem como missão “Gerar energia elétrica de qualidade com responsabilidade social e ambiental, contribuindo com o desenvolvimento sustentável no Brasil e no Paraguai.”

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner emprego
Banner Mirante
Bassani
Banner Exposição
Banner Einstein
Rose Bueno Acessórios
Banner pedrão 2018
Banner violência se limite