banner itaipulândia junho

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
A palmilha e a Harmonia Íntima
  Data/Hora: 23.out.2023 - 7h 33 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar

Por Paulo Hayashi Jr. - Doutor em Administração. Professor e pesquisador da Unicamp.

 

Andar em terrenos acidentados e com obstáculos faz parte da caminhada do ser humano em sua existência. Além do calçado que foi criado em tempos imemoriais, pode-se também destacar a palmilha. Do latim Palma, a face interna da mão ou ainda, uma folha larga, a palmilha serve para amenizar o impacto da pisada e tornar mais confortável o andar. De certo modo, podemos dizer que ela é uma metáfora útil para uma vivência produtiva. É servir para consolar as dores dos outros e trabalhar de modo a engrandecer o mundo. Quem sabe aproveitar os impactos da vida de forma a alavancar a aprendizagem neste mundo-escola consegue avançar mais rápido. Mais do que culpar a existência, de fazer a reforma íntima para que saibamos amenizar as dores, tal como exemplificada por Jesus Cristo. O mestre nos deixou uma preciosa lição do madeiro para servir como exemplo e inspiração. 

 

Ser uma pessoa que tem o equilíbrio emocional para as provações, amor para com o próximo e sabedoria para ser o reformador interno de si para que brilhe a luz e não as sombras e más tendências. É o progresso pessoal, servindo de amparo e referência aos outros. Por outro lado, aquele que não se dedica ao próximo e apenas se importa consigo mesmo, com seu ego e vaidade, a vida dá um jeito para que a pessoa aprenda a andar corretamente. 

 

É possível atrasar a lição divina, mas jamais fugir dela. Ao invés de ser a palmilha, pode-se levar a palmada do destino que faz acordar aos que ainda dormem. Palmilha ou palmada, cada um escolhe conforme seu livre-arbítrio, conhecimento e experiências.

 

 Harmonia íntima

 

A vida é um campo dinâmico de forças que influencia para certas direções e velocidade, conforme também os propósitos e vontades de cada um. Não é de se estranhar então que a harmonia e o equilíbrio sejam qualidades inerentes a uma existência compatível com as realizações de pessoas que consigam ter determinado controle sobre a situação. Não que a mesma seja de todo controlável, mas na parte que é possível influenciar, que tudo esteja sendo feito para o bom cumprimento do dever. O progresso somente vem com certo nível de ordem e harmonia. 

 

Quem tem os recursos internos da paciência, da tolerância e do equilíbrio emocional pode navegar melhor na harmonização das forças. Por outro lado, agir de modo "sem pensar" ou de "cabeça quente" coloca em risco o autêntico patrimônio futuro. Neste caso, buscar o controle do equilíbrio, seja pela ajuda externa, seja pela autodescoberta dos próprios recursos é condição ímpar para a superação dos problemas e empecilhos vindouros. Enquanto a solução permanente não vem, pode-se adotar certas regras práticas, tais como: não responder mensagem delicada no susto, contar devagar até dez, respirar de forma lenta e profunda. Os pulmões são legítimos amigos do equilíbrio e o ar novo refresca e oxigena o que é necessário. Poder contar com a harmonia em época de dificuldade é ter amigo para todas as horas.

 

Com a harmonia em vista, é possível a busca de voos mais altos e desafios maiores. O mundo é uma escola e é vital que o discípulo de Cristo progrida nas séries de forma exemplar e sem pestanejar.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner violência se limite
Bassani
Banner Mirante
Rose Bueno Acessórios
Banner pedrão 2018
Banner emprego
Banner Einstein
Banner Exposição