banner maio itaipulândia

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
Itaipu fecha 2023 com a melhor produção dos últimos cinco anos
  Data/Hora: 4.jan.2024 - 16h 53 - Categoria: Itaipu Binacional  
 
 
clique para ampliar

Usina gerou quase 84 milhões de MWh, 20% a mais que em 2022

 

Da Assessoria - Foto: : Sara Cheida / Itaipu Binacional - A usina hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), fechou o ano de 2023 com uma produção de 83.879.486 MWh, 20% a mais que em 2022 (69.873.095 MWh), e a melhor marca dos últimos cinco anos. No período a empresa foi responsável por aproximadamente 88% do atendimento do mercado paraguaio de eletricidade e por 10% do brasileiro.

 

A maior geração diária ocorreu em 18 de dezembro, quando a usina registrou a produção de 320,95 mil MWh, a maior desde 3 de fevereiro de 2021. E durante todo o ano houve registros de dias com produções bastante elevadas, resultado de uma alta demanda do Sistema Nacional Interligado (SIN-BR) e da Administração Nacional de Eletricidade (ANDE-PY) pela energia gerada pela usina Binacional.

 

O aumento em 2023 se deve, também, a maior disponibilidade de água ao longo do ano com bom volume de chuvas na bacia incremental de Itaipu, que elevou substancialmente os recursos disponíveis, inclusive com ocorrência de vertimentos controlados (escoamento do excedente de água não usada para a geração de energia elétrica). A previsão é de que em 2024 a oferta de água se mantenha elevada e isso contribua para novos bons números na produção.

 

Com uma energia limpa, renovável e barata (a terceira menor do Brasil se comparada à média das demais tarifas negociadas pelos leilões da Câmara de Comércio de Energia Elétrica – CCEE), ao longo dos últimos anos Itapu tem se tornado uma espécie de bateria do sistema. Isso auxilia Brasil e Paraguai a manterem estabilidade e segurança energética na combinação da hidreletricidade com outras fontes renováveis, como solar e eólica.

 

Comparativos

Os quase 84 milhões de MWh produzidos por Itaipu em 2023 seriam suficientes, por exemplo, para abastecer sozinhos o mundo por cerca de um dia; o Brasil por um mês e 20 dias; o Paraguai por quatro anos, dois meses e nove dias; ou o Estado do Paraná por dois anos, quatro meses e 11 dias.

 

Comparando com outras usinas, a produção de Itaipu em 2023 é 2,7 vezes a do Complexo Belo Monte; três vezes a da Usina Hidrelétrica Tucuruí; seis vezes Santo Antônio; 7,4 vezes Jirau; e 6,7 vezes Xingó.

 

Produção ano a ano

Em 2022, a Itaipu produziu 69,9 milhões MWh. Já em 2021, 66,4 milhões MWh. Em 2020, 76,4 milhões MWh. No ano de 2019, a produção atingiu 79,5 milhões MWh.

 

Em 2016, Itaipu estabeleceu sua melhor marca anual, com 103,1 milhões MWh.

 

Sobre a Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,9 bilhões de MWh. Nos últimos 12 meses, foi responsável por 10% do suprimento de eletricidade do Brasil e 88% do Paraguai.

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Einstein
Banner emprego
Banner violência se limite
Rose Bueno Acessórios
Banner Exposição
Bassani
Banner Mirante
Banner pedrão 2018