banner iptu itaipulândia

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Cultura
João Maria
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
O poder das palavras, Mas…
  Data/Hora: 10.mar.2024 - 10h 45 - Colunista: Cultura  
 
 
clique para ampliar

Por Paulo Hayashi Jr. - Doutor em Administração. Professor e pesquisador da Unicamp.

 

Palavras têm poderes e podem afetar tanto o aparelho mental quanto os nossos sentimentos. Quem cuida do coração e suas emoções não descuida do verbo criador. Sabe que é preciso equilíbrio emocional para que os pensamentos e as palavras venham com sabedoria e bondade. É fazer da comunicação autêntico ministério de Cristo, pois como ele mesmo disse: "Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem" (Mateus 15:18).

 

Por meio dos pensamentos e palavras, acabaremos recebendo no futuro o que emitimos como fontes que regam plantação de escolhas e consequências. Fazer o bem e incentivar o aprimoramento em direção à luz de Deus é trilha salutar para que a colheita seja bendita. Por outro lado, pela violência interna e pelos pensamentos sombrios e escabrosos faz com que se tenha a exteriorização da violência em diferentes graus e matizes. Todavia, em todos os aspectos de direção, a colheita é sempre obrigatória.

 

Mais do que a riqueza exterior, o íntimo do ser aplainado para que a produção seja fértil e abundante. Felizes daqueles que trazem tranquilidade aos corações alheios, semeando o sorriso e a palavra consoladora. O mundo necessita de pessoas parceiras, para que a cooperação e a solidariedade no trabalho de Cristo seja forte o suficiente para levar adiante o exemplo e a inspiração de uma vida digna, justa e feliz.

 

Assim, façamos do mundo não um lugar de descanso e rebeldia, mas de esforços e trabalho para a melhoria de si em prol do progresso geral.

 

Mas…

 

O convite de Jesus encontra-se à disposição de todos aqueles com sede e fome de justiça e amor. Beber da fonte inesgotável do mestre Nazareno é compartilhar das benesses do conhecimento da alma imortal, ao mesmo tempo da responsabilidade do progresso infinito. Mesmo sabendo da disponibilidade de tempo e recursos, não se desperdiçam oportunidades para exemplificar e inspirar outras criaturas. É vital que a fome por obras realizadas sejam maiores que a preguiça ou a inércia, ou então superiores ao terrível "mas".... Quantas vitórias perdidas por causa de uma simples conjunção? Pequena palavra que com um pouco mais de vontade conseguiria ser abandonada para que os sonhos e as realizações não ficassem em segundo plano.

 

Todavia, quem se dispõe a riscar e ir além da conjunção, faz da existência legítima testemunha de provação e realizações. Já quem se poupa na vida acaba desperdiçando mais do que devia. Quem se anima e trilha a senda do trabalho e da conjugação do amar, faz do espírito legítimo licor quintessenciado. É o aprimoramento d´alma como resultado certo dos esforços. Nada de misticismo ou estripulias da imaginação.

 

A abertura do convite de Cristo é o chamamento para que o indivíduo dê testemunho, em sua existência, daquilo que é mais caro e valioso. O amor como comburente que intensifica a chama e a luz pessoal de cada um. O amor ilumina a mente e o coração e é transmitido pelas mãos que abençoam o trabalho no caminho da redenção. Perdoar, amar, trabalhar, eis o ofício dos discípulos de Cristo. 

 

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Banner Einstein
Banner emprego
Rose Bueno Acessórios
Banner violência se limite
Bassani
Banner Mirante
Banner pedrão 2018