banner coronavírus março

 
 
   Categorias
  ATLETISMO
  Banco do Brasil
  Brasil
  Cartas do Leitor
  Educação
  Ego Famosos
  ENTREVISTAS
  Esporte
  Eventos
  Falando Sério
  Familias
  Foz do Iguaçu
  Geral
  Itaipu Binacional
  Lindeiros
  Moda
  Mundo
  Oeste
  Opinião do Leitor
  Policiais
  Politica
  Santa Terezinha de Itaipu
  São Miguel do Iguaçu
  SICOOB
  SINSMI
  Sociais
  Virtudes e valores
 
     
   Colunistas
Bruno Peron
Cultura
Inácio Dantas
João Maria
Miss Paraná
 
   
 
   Previsão
 
 

 
 
 
Envie por email
 
A eleição para a Presidência das Câmaras de Vereadores demonstram que sem uma profunda reforma política não existe solução, vai continuar os conchavos, os acertos, o desrespeito ao voto do Eleitor
  Data/Hora: 4.jan.2013 - 19h 14 - Colunista: João Maria  
 
 
clique para ampliar

Com apenas dois partidos (democratas e republicanos) e apenas uma reeleição para presidente (e o direito de nunca mais voltar à sombra do poder como senador como normalmente acontece por aqui), eles se tornaram os donos do mundo. Estão precisando de ajuste atualmente sim, pois a vida do cidadão comum americano está difícil – mesmo assim, a grande maioria esmagadora sente orgulho de ser cidadão americano.

 

Com isto, não estou dizendo que sou simpático a “política bélica americana” e a prepotência dos ianques – muito pelo contrário – estou apenas comentando para embasar o meu ponto de vista sobre o que é essa nossa colcha de retalho, essa palhaçada de presidencialismo-pluripartidário, com 29 partidos.

 

Um regime autêntico, legítimo, que represente verdadeiramente o cidadão não poderia ter mais do que no máximo quatro partidos. O presidente, o Governador ou o Prefeito, geralmente se elege com a minoria parlamentar que pertence ao seu partido.

 

 

Veja o que aconteceu com o Lula, por exemplo, para garantir a governabilidade e aprovar as mudanças que achavam serem necessária teve que ordenar alguém a aliciar financeiramente os pequenos partidos. E deu no que deu – o mensalão – um dos maiores escândalos da República.

 

 

Outra mudança importantíssima que teria que acontecer com a maior urgência é sobre a presidência das Câmaras Municipais – deveria constar como Lei: “O presidente do Legislativo Municipal para o primeiro biênio deverá ser o vereador mais votado; o seu vice será o segundo mais votado e o secretário o terceiro”.

 

 

Com essa definição tudo estaria resolvido, não existiria pressão e muito menos corrupção, barganha e divisão de secretarias – entregues para esse ou aquele partido em nome da famosa governabilidade. Se uma Lei como essa já estivesse em vigor, você acha que hoje nós estaríamos passando por esta palhaçada toda na área de Saúde? É nessas horas que pensar no voto depositado na urna dá enjôo..., dá náuseas...

 

 

Com respeito a essa questão envolvendo a Saúde, gostei da determinação da Nega da Aurora, atual presidente do Conselho de Saúde... É nessas horas que a gente tem que dizer realmente para o que veio e honrar o cargo que ocupa. E te digo mais Nega. Se a solução demorar a sair, peça a nossa ajuda – a indignação que corre solta por aí é enorme...

 

 

Com um carro de som e uma série de editoriais temos condições de fazer a população descruzarem os braços... O que foi feito foi um desrespeito aos Direitos do Cidadão, foi politicagem, foi safadeza, foi falta de respeito às pessoas humildes que não possuem Land Roven importada para se deslocar e buscar tratamento em outros centros...

 

 

Na verdade, esse pessoal está brincando com coisa séria... Peço a Deus que nada aconteça lá naquele local para onde eles levaram o Pronto Atendimento... Se algo mais grave acontecer é temeroso só em pensar em qual será a reação da população... Dizer que está faltando documento...

 

 

Uma palhaçada! Está faltando é bom senso. E o que o BOM SENSO diria numa hora como essa: Se acham que está faltando alguma coisa, notifiquem o proprietário, respeite o contrato e lhe dê um prazo com o seguinte aviso – não vamos pagar o aluguel mensal de R$ 40.000,00 enquanto as (...) forem sanadas... Isso é civilidade. Isso é respeitar o convívio social...

 

 

Simplesmente fechar e deslocar o atendimento para um local como onde está hoje, é muito mais do que ignorância, é muito mais do que burrice – é semear vento para colher tempestade... Lembram-se do Episódio envolvendo a Praça de Pedágio? Vocês não têm noção do que é uma população indignada...

 
 

 

 

 
 
Deixe seu comentário!
 
 
 
Rose Bueno Acessórios
Bassani
Banner Einstein
Banner Mirante
Banner pedrão 2018
Banner emprego
Banner violência se limite